Estados Unidos

Tecnologia e Ciência Fogões a gás podem poluir até quando desligados, aponta estudo

Fogões a gás podem poluir até quando desligados, aponta estudo

Emissões causadas por eles nos EUA nos últimos 20 anos se comparam à poluição gerada por 500 mil carros a gasolina

Estudo foi conduzido em 53 casas do estado da Califórnia, nos Estados Unidos

Estudo foi conduzido em 53 casas do estado da Califórnia, nos Estados Unidos

Wolfgang Rattay/Reuters - 11.10.2021

O instituto de pesquisa americano PSE Healthy Energy divulgou um estudo no qual afirma que os fogões a gás podem poluir o meio ambiente até quando estão desligados. Os autores do estudo estimam que o eletrodoméstico tenha emitido nos últimos 20 anos, nos EUA, a mesma quantidade de gases de efeito estufa que 500 mil carros movidos a gasolina.

A pesquisa, feita em 53 casas no estado da Califórnia, descobriu que os fogões emitem entre 0,8% e 1,3% do gás natural que consomem como metano não queimado — poderoso gás causador do efeito estufa.

O estudo da PSE Healthy Energy afirma que 75% dessa emissão de metano acontece enquanto os aparelhos de fogão estão desligados, indicando uma grande quantidade de vazamentos de gás tanto nas casas quanto durante a distribuição do produto.

Apesar de indicar esses vazamentos, o grupo de pesquisa não encontrou quantidades substanciais para uma explosão, por exemplo.

Os pesquisadores também descobriram que os fornos a gás tendem a emitir mais metano que as bocas do fogão, uma vez que o fogo se extingue periodicamente para regular a temperatura escolhida para o forno.

O metano é o principal componente do gás natural e, se não for queimado antes de ser liberado, causa um impacto de aquecimento da camada de ozônio 80 vezes maior que o da mesma quantidade de dióxido de carbono, de acordo com um artigo do The New York Times.

Além da poluição do ambiente, o metano impacta diretamente o ozônio troposférico, que pode levar a problemas respiratórios e outras complicações para a saúde.

Últimas