Tecnologia e Ciência Fóssil raro é encontrado em âmbar de 16 milhões de anos

Fóssil raro é encontrado em âmbar de 16 milhões de anos

Tardígrados, conhecidos como ursos d'água, têm a capacidade de sobreviver e até prosperar em ambientes extremos

Fóssil de tardígrado foi encontrado em um âmbar dominicano de 16 milhões de anos

Fóssil de tardígrado foi encontrado em um âmbar dominicano de 16 milhões de anos

Divulgação/ the Royal Society

O terceiro fóssil de tardígrado já registrado foi encontrado dentro de um âmbar dominicano de 16 milhões de anos. A espécie foi nomeada de Paradoryphoribius chronocaribbeus. Esse é o primeiro fóssil tardígrado do Cenozóico, era geológica atual, que começou há 66 milhões de anos.

Sob um microscópio, os minúsculos animais parecem ursos d'água. Eles são conhecidos por sua capacidade de sobreviver e até prosperar nos ambientes mais extremos, além disso, não medem mais do que um milímetro. 

Localização do tardígrado no âmbar dominicano

Localização do tardígrado no âmbar dominicano

Phil Barden/Harvard/NJIT

O animal têm oito pernas com garras nas extremidades, um cérebro e sistema nervoso central, e algo parecido com uma ventosa atrás de sua boca que pode perfurar os alimentos. 

A descoberta foi descrita em um estudo publicado na revista "Proceedings of the Royal Society B: Biological Sciences". Phil Barden, autor do estudo, disse em um comunicado que "descobrir um fóssil de tardígrado é realmente um evento que ocorre uma vez em uma geração".

O fóssil permitiu aos pesquisadores ver aspectos evolutivos que não estão presentes nos tardígrados modernos. Desta forma, eles podem entender como os animais mudaram ao longo de milhões de anos.

Últimas