Tecnologia e Ciência Golpe do PIS/Pasep no WhatsApp faz mais 200 mil de vítimas em 24 horas

Golpe do PIS/Pasep no WhatsApp faz mais 200 mil de vítimas em 24 horas

Mensagem que circulam pelo aplicativo simula link oficial da Caixa Econômica para suposta consulta de saldo

Golpe WhatsApp

Golpe usa Pis/Pasep para atrair vítimas pelo WhatsApp

Golpe usa Pis/Pasep para atrair vítimas pelo WhatsApp

Pixabay

Após a liberação do 7º lote do abono do PIS/Pasep, começaram a circular pelo WhatsApp quatro links maliciosos que oferecem ao usuário uma supostamente consultar de saldo na Caixa Econômica Federal.

O golpe teve mais de 200 mil detecções em apenas 24 horas, segundo dados do Dfndr Lab, da PSafe. Em 2018, uma mensagem semelhante alcançou 3,2 milhões de detecções em alguns dias.

Ao clicar em um dos links recebidos por mensagem do WhatsApp, o usuário acessa uma página na qual há um texto informando que a Caixa Econômica está liberando “PIS salarial para quem trabalhou entre 2005 à 2018 no valor de R$ 1.223,20”.

Em seguida, o usuário é incentivado a responder às seguintes perguntas: “você trabalhou com carteira assinada entre 2005 a 2018?”; “você está registrado atualmente?”; “possui cartão cidadão para realizar o saque do benefício?”. 

Mensagem falsa que circula pelo WhatsApp

Mensagem falsa que circula pelo WhatsApp

Reproduçaõ

Independentemente das respostas, a pessoa é direcionada para uma página na qual é incentivado a compartilhar com 30 amigos ou grupos do WhatsApp. É dessa maneira que o golpe se espalha rapidamente entre os usuários do aplicativo.

Na última etapa do golpe, a vítima é encaminhada para uma página falsa com um grande volume de publicidade. Assim os cibercriminosos conseguem ganhar dinheiro com a exibição de banners e cliques no site.

A Caixa Econômica enviou a seguinte nota de esclarecimento ao R7:

"A CAIXA esclarece que não envia mensagens sobre saques de benefícios sociais. Em seu portal na internet e em suas agências, o banco disponibiliza orientações de segurança com o objetivo de alertar seus clientes quanto ao risco de golpes, seja por e-mails spam, WhatsApp, sites falsos ou telefone. Os clientes que tiverem alguma dúvida podem entrar em contato com o Atendimento CAIXA ao Cidadão, pelo número 0800 726 0207."

Veja também: Fuja de golpes no WhatsApp! Saiba os sinais de uma mensagem falsa

    Access log