Google disponibiliza visitas virtuais no 'dia internacional dos museus'

Empresa anuncia parceria com 80 museus e liberá exposições on-line de obras espalhadas por 25 países, inclusive no Brasil

Exposições vão de arte moderna à clássica

Exposições vão de arte moderna à clássica

Divulgação Google Arts & culture/Parsons School of Design

Para celebrar hoje o "dia internacional dos museus", o Google Arts & Culture lança o "Ligados à Cultura", um recurso em vários idiomas para ajudar os programas culturais a continuar on-line.

São mais de 80 novos museus, de 25 países, com exposições virtuais, como a Fundação de Arte Contemporânea de Pequim (China), a Escola de Design Parsons (EUA), a Floresta Meiji Jingu - Festival de Arte (Japão), a Rota da Amistad A.C (México) e a Casa Buonarroti (Itália).

A plataforma do Google já conta com mais de 2 mil parceiros que permitem uma visita pela tela do computador ou do celular de seus acervos.

“Nos últimos meses, vimos dezenas de organizações culturais criativas de todo o planeta se adaptarem ao mundo virtual e pensarem em novas formas de ajudar o público a interagir com arte e cultura – e essa tem sido uma experiência inspiradora e muito rica. Juntas, essas instituições ajudam comunidades a se manterem unidas graças a momentos culturais compartilhados on-line”, escreveu o Google em seu blog oficial.

MIS na plataforma

O Museu de Imagem e Som (MIS), também terá uma coleção adicionada ao museu virtual. A coleção “uma paisagem humana”, do fotógrafo suíço  Guilherme Gaensly, que se estabeleceu em Salvador (BA), pode ser vista por completa e de forma interativa, contando com descrições e imagens,dentro da prórpia plataforma do Google.

Além dessa, o MIS conta com mais 3 exposições dentro da plataforma. São elas: "Cinema Paulista nos anos 70", "Lambe-lambe: fotógrafos de rua em São Paulo nos anos 1970" e "A mulher na Revolução de 32".

*Estagiário R7 sob survisão de Pablo Marques 

Veja também: