Tecnologia e Ciência Google estimula usuários a integrar clima em suas decisões diárias

Google estimula usuários a integrar clima em suas decisões diárias

Gigante da tecnologia atualizará serviços e Google Maps vai propor rotas menos poluentes quando o horário de chegada for similar

AFP
Trajeto de carro com menor consumo está no radar do Google

Trajeto de carro com menor consumo está no radar do Google

Divulgação/Klein Dytham Architecture

O Google quer estimular seus usuários a tomarem decisões ecológicas mais rápido, como escolher um trajeto de carro que consuma menos combustível do que outro. 

A gigante da tecnologia anunciou, nesta quarta-feira (6), atualizações para vários de seus serviços nesse sentido. O Google Maps, por exemplo, vai propor rotas menos poluentes quando o horário de chegada for similar. 

Implementada primeiro nos Estados Unidos e depois na Europa, em 2022, esta funcionalidade "terá o mesmo impacto, no próximo ano, que tirar 200 mil carros das ruas", disse o presidente do grupo, Sundar Pichai, em entrevista coletiva na terça-feira (5).

O mecanismo de busca para encontrar voos mencionará as emissões de CO2, maiores para um assento na primeira classe, que ocupa mais espaço.

Dados similares serão fornecidos para hotéis, serviços financeiros, ou aparelhos eletrônicos. 

"Nosso objetivo é tornar as opções ecológicas mais fáceis", disse Sundar Pichai. 

Assim como seus vizinhos no Vale do Silício, o Google informa regularmente sobre seus investimentos para privilegiar a energia durável e contribuir para a luta contra o aquecimento global. 

"Individualmente, essas opções podem parecer pequenos passos, mas quando se multiplicam (...) obtemos transformações importantes para o planeta", acrescentou Pichai.

Últimas