Tecnologia e Ciência Internet fica nostálgica com boatos sobre o retorno do Orkut

Internet fica nostálgica com boatos sobre o retorno do Orkut

Uma plataforma inspirada na extinta rede social foi criada por um fã para quem busca matar as saudades das antigas comunidades

Orkut foi encerrado em 2014, mas ainda tem muitos fãs

Orkut foi encerrado em 2014, mas ainda tem muitos fãs

reprodução

A internet está mais nostágica nesta terça-feira (4) com o boato que começou a circular sobre o retorno do Orkut, que fez sucesso no início dos anos 2000 e foi encerrado em 2014.

Na realidade, a extinta rede social não está de volta. O movimento "volta do Orkut" foi uma reação às notícias de que o Twitter teria alguns recursos que seriam pagos. Assim, algumas pessoas começaram a postar funções do Orkut que gostariam que fossem recriadas.

Quem viu "Orkut" nos assuntos mais comentados do Twitter com mais de 30 mil postagens e foi buscar informações, pode ter sido surpreendido com uma página para fazer o login ou se cadastrar e até com um aplicativo disponível para download na Play Store, do Google. No entanto, não é uma plataforma oficial, mas uma homenagem pensada por um fã em 2017.

Ao acessar o site, uma mensagem explica que não é o antigo Orkut e que não tem nenhuma relação com o Google, empresa que comprou a plataforma e decidiu encerrar as atividades há 6 anos. O texto destaca também que não será possível recuperar perfis antigos e que tudo está sendo recriado do zero.

Como já é tradição entre os usuários brasileiros, a internet ficou cheia de memes relembrando situações que só a plataforma criada por Orkut Büyükkökten conseguiu proporcionar. 

Últimas