Tecnologia e Ciência Jogo diário de palavras lançado nos EUA vira febre mundial e ganha versões em português

Jogo diário de palavras lançado nos EUA vira febre mundial e ganha versões em português

Brincadeira consiste em adivinhar um termo de cinco letras por dia em até seis tentativas; versão original foi adquirida pelo The New York Times por valor não divulgado na casa dos milhões de dólares

Wordle virou febre e inspirou jogos com a mesma lógica em diferentes línguas

Wordle virou febre e inspirou jogos com a mesma lógica em diferentes línguas

Stefani Reynolds/AFP - 11.1.2022

Uma palavra por dia, cinco letras e apenas seis tentativas para acertar. É com essa estrutura que o jogo americano Wordle virou febre mundial e ganhou versões em dezenas de línguas, incluindo o português. Com tamanho sucesso, o game original foi comprado pelo grupo The New York Times na casa dos milhões de dólares.

Por ser em inglês, desenvolvedores brasileiros fãs do Wordle decidiram criar modos em português. Os mais conhecidos e populares nas redes sociais são o Letreco e o Termo.

Em entrevista ao R7, o criador do Letreco, Gabriel Toschi, admitiu ser um grande fã do Wordle e que a barreira da língua o impulsionou a desenvolver uma versão em português.

“Conheci o Wordle no fim do ano passado. Descobri que eu era muito ruim, porque apesar de saber inglês, ainda não é a nossa língua mãe. Às vezes lembrar de umas palavras fora da caixinha é mais difícil.”

O sentimento de Toschi era o mesmo de milhares de brasileiros, que rapidamente popularizaram tanto o Letreco quanto o Termo. Os jogos, que foram lançados no início de janeiro, já contam com jogadores fiéis que divulgam todos os dias os resultados nas redes sociais, mas sem revelar a palavra do dia.

Questionado sobre o número de jogadores diários do Letreco, Toschi afirmou que não pode ter acesso aos números por questões relacionadas à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). O criador do jogo, que atua como game designer, não imaginou que o projeto teria tanto alcance.

“O Letreco foi um projeto que eu não esperava estourar”, conta Toschi. Pelo sucesso, o desenvolvedor decidiu deixar o código de criação do jogo em aberto para que outras pessoas criassem as próprias versões inspiradas no Letreco.

Apenas uma palavra por dia

Apenas uma palavra é divulgada por dia

Apenas uma palavra é divulgada por dia

Reprodução Site/Letreco

Se o sucesso é tamanho e a cada dia mais pessoas querem jogar, por que não liberar mais palavras diariamente? Para Toschi, aí está o segredo por trás do Wordle.

"Eu não acho que o jogo faria tanto sucesso se tivesse mais palavras por dia. Acho que uma parte do sucesso desse sistema se dá por ser diário. É como se fosse a cruzadinha do jornal da nossa geração.”

A opinião de Toschi é a mesma do psicólogo paulista Felipe Lopes, jogador diário do Letreco e do Termo.

“Gosto porque passa muito um sentimento parecido com estar jogando palavras cruzadas naquela revistinha de banca de jornal que você compra porque estava entediado”, conta Lopes.

Questionado se pensa em diminuir o tempo de 24 horas entre cada palavra do dia para acabar com o tédio de alguns jogadores na internet, Toschi nega.

Qual o melhor caminho para acertar a palavra do dia?

Letras vermelhas indicam erros, verdes os acertos e amarelas as foras de posição

Letras vermelhas indicam erros, verdes os acertos e amarelas as foras de posição

Reprodução Site/Letreco

Todos os jogadores desta nova febre querem uma dica para facilitar o caminho até a palavra do dia. Cada um tem a sua mania, mas a maioria sempre usa palavras repletas de vogais e consoantes chaves.

“Uso a palavra ‘porta’ porque tem duas vogais importantes e três consoantes que são bem usadas. A partir dali tento encaixar as vogais que faltam”, destaca o influencer Henrique Bulio.

"Acho que faço o que todo mundo faz, mais por intuição: uso letras mais empregadas, como R, S, T e as vogais A, E, O", conta a revisora de texto Elvira Gago, que confessa não ter acertado a palavra do dia em pelo menos três oportunidades.

“Começo sempre com uma palavra-chave que elimina plural e duas vogais, depois tento eliminar as outras vogais que não estão nessa primeira palavra”, conta a arquiteta carioca Izabel Mello.

“Não tenho muita estratégia para começar. Pego alguma palavra aleatória de começo, na esperança de que vai ser a palavra do dia. A partir daí tento eliminar R, S e L, além das vogais”, explica o jornalista de eSports Breno Deolindo.

A verdade é que não existe um caminho exato, uma fórmula precisa para descobrir a palavra do dia. O jogo, basicamente, consiste em tentativa e erro.

Toschi, por sua vez, dá talvez a única dica infalível para o Letreco: não existem jogos com letras repetidas no site. De acordo com o desenvolvedor, a decisão para isso se base na experiência do usuário junto ao teclado virtual do game.

“Quando você joga, ele pinta no teclado as cores das letras que têm na palavra. Todo mundo já ficou irritado alguma vez quando tem palavras com letra repetida. A forma como ele pinta as letras faz você esquecer que essa letra pode voltar, então você tem um problema de experiência do usuário.”

Outro toque que Toschi dá sobre o Letreco é que as palavras do jogo podem seguir alguma tendência do dia. O desenvolvedor cita o exemplo de quando o streamer vascaíno Casimiro Miguel jogou Letreco na plataforma Twitch.

“Quando saiu o corte do Casimiro jogando Letreco, a palavra do dia seguinte foi Vasco. Foi de propósito. Tem outras piadinhas que vão acontecer”, brinca Toschi, dizendo que os termos “lerda” e “calvo” também fizeram sucesso entre os jogadores.

Para o desenvolvedor, a maior dica, na verdade, é bem simples: ter paciência.

“As pessoas se divertem tentando advinhar, eu me divirto irritando milhares de pessoas todos os dias. [...] Às vezes a palavra é muito fácil, mas você teve um chute muito ruim e isso faz parte do design do jogo. Não se estresse, amanhã tem outra palavra”, conclui Toschi.

Últimas