Tecnologia e Ciência Jovem pede US$ 50 mil para deletar perfil que rastreia jato de Elon Musk

Jovem pede US$ 50 mil para deletar perfil que rastreia jato de Elon Musk

Conta no Twitter posta automaticamente a localização do jato particular do bilionário dono da Tesla e da SpaceX

Elon Musk tem jato particular rastreado por uma conta no Twitter criada por um adolescente

Elon Musk tem jato particular rastreado por uma conta no Twitter criada por um adolescente

Elon Musk/Reuters - 13/06/2019

Um jovem de 19 anos pediu a Elon Musk US$ 50 mil, cerca de R$ 265 mil, para apagar uma conta no Twitter que rastreia o jato particular do bilionário dono da Tesla e da SpaceX. Postagens são feitas automaticamente por um bot — programa de computador que realiza ações pré-programadas repetidas vezes — que acompanha os deslocamentos aéreos do empresário.

Em um primeiro momento, Musk ofereceu ao rapaz, identificado como Jack Sweeney, 5.000 dólares, cerca de R$ 26 mil, para encerrar a conta @ElonJet na rede social. Sweeney, no entanto, não aceitou, alegando que o pagamento não era suficiente para substituir a satisfação que ele teve ao criar o perfil. Até a tarde desta terça-feira (1º), a conta reunia mais de 277 mil seguidores.

O jovem compartilhou uma mensagem direta de Musk na qual o bilionário questiona: "Você pode remover isso? É um risco à segurança". Na sequência, ele faz a oferta: "Que tal 5.000 dólares para esta conta e ajudar a tornar mais difícil para os loucos me rastrearem?".

O rapaz, então, responde: "Alguma chance de subir para US$ 50 mil? Seria um grande apoio na faculdade e possivelmente me permitiria comprar um carro, talvez até um Model 3". O empresário recusa a proposta e afirma que não acha certo pagar pelo fechamento da conta.

Sweeney disse que tornou pública a troca de mensagens para tentar reabrir as negociações com Musk — ou para conseguir um aumento na oferta inicial ou até mesmo para obter um estágio. Ao site de notícias Business Insider, ele se descreveu como fã do bilionário. Atualmente, ele tem um emprego de meio período em uma empresa chamada UberJets, que rastreia voos fretados e permite que seus clientes identifiquem assentos baratos.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Últimas