Tecnologia e Ciência MP investiga vazamento de dados de 32 milhões de clientes da Sky

MP investiga vazamento de dados de 32 milhões de clientes da Sky

Informações cadastrais como nome, data de nascimento e até senha de login do serviço teriam sido disponibilizadas na internet

Pixabay

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) instaurou na última terça-feira (11) um Inquérito Civil Público para investigar um possível vazamento de dados pessoais de 32 milhões de clientes da Sky.

Segundo o inquérito, 32 milhões de clientes da empresa no Brasil podem ter tido os dados pessoais vazados, como nome completo, data de nascimento, e-mail, senha de login do serviço, endereço IP, métodos de pagamento, número de telefone e endereço residencial.

A investigação começou após um funcionário do MP encontrar na internet um banco de dados com informações pessoais de clientes da empresa. Os dados eram disponibilizados sem necessidade de autenticação, por um simples comando.

Procurada pelo R7, a empresa enviou a seguinte nota:

"A SKY informa que o caso em questão está sendo analisado e todas as ações apropriadas estão sendo tomadas. A empresa esclarece que os dados de seus clientes estão protegidos e reitera seu compromisso com a segurança da informação. A SKY afirma ainda que irá cooperar com a investigação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios sempre que for solicitada."

Leia também: Hackers roubam carro elétrico em três minutos com tablet e celular