Tecnologia e Ciência Os riscos de utilizar um carregador falso no seu celular

Os riscos de utilizar um carregador falso no seu celular

Seja pelo fato de ter esquecido em casa ou de não querer pagar o valor de produto original, muitas pessoas recorrem aos produtos piratas

Carregadores falsificados podem danificar o celular de diversas maneiras

Carregadores falsificados podem danificar o celular de diversas maneiras

Pixabay

Seja pelo fato de ter esquecido em casa ao sair para trabalhar, ou de não querer pagar um valor mais alto no produto original, muitas pessoas ainda recorrem aos carregadores falsos para usar no celular. Apesar de ser mais barato e mais fácil de achar, o dispositivo pode prejudicar aparelho de diversas maneiras.

Toda bateria tem o que é chamado pelos técnicos de perfil de carga. De acordo com o engenheiro elétrico do Instituto Mauá de Tecnologia Eduardo Pouzada, isso significa que cada bateria tem uma quantidade de corrente elétrica que pode ser injetada ao longo do tempo para que ela continue funcionando adequadamente.

A tecnologia que permite carregar seu celular em 5 minutos

Caso esse perfil não seja respeitado, como o que ocorre na maioria das vezes em que um carregador pirata é usado, a bateria pode ser danificada. “Se você ficar abaixo do perfil mínimo, a bateria não ficará totalmente carregada. E se você ultrapassar essa carga, corre-se o risco de ter um dano quase imediato na bateria”, explica Eduardo.

Segundo o engenheiro, ultrapassar os limites máximo e mínimo do perfil de carga também pode afetar a vida útil da bateria. Por conta disso, com o tempo, o aparelho pode demorar mais para ficar totalmente carregado e até mesmo parar de funcionar.

Um carregador falso também pode ser prejudicial ao aparelho porque, ao contrário do original, ele não possui sensores que interrompem a carga quando o celular está 100% carregado. “Os fabricantes de carregadores genéricos normalmente pecam pelo excesso e, por isso, muitas vezes não utilizam esses sensores para limitar o carregamento. Com isso, o celular pode ser danificado por excesso de temperatura, ou na alimentação do seu circuito eletrônico”, destaca o professor.

Eduardo ressalta também que, em situações mais extremas, os aparelhos podem ser permanentemente danificados caso o uso de carregadores piratas se torne frequente. “O primeiro dano é sempre relacionado à bateria. Mas, se esse uso ficar recorrente, há o risco de danificar o aparelho por excesso de aquecimento, o que pode incendiar ou até explodir o celular.”

Os mitos e verdades sobre a bateria e o carregador dos smartphones

Uso do celular durante o carregamento

A respeito do uso de celulares enquanto eles estão carregando, o engenheiro elétrico afirma que não há riscos muito graves para o aparelho. "O que pode acontecer é a bateria esquentar um pouco mais, mas sendo um equipamento original, não tem problemas", afirma Eduardo.

A recomendação do especialista é não utilizar os aparelhos durante o carregamento em algumas situações. "Tem certas ações que o usuário deve ter mais atenção, como quando há oscilação na rede elétrica, quando está chovendo e ventando muito. Nestas situações, é prudente desligar o celular da tomada."

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Últimas