Tecnologia e Ciência Pessoas que sabem quando estão sonhando têm maior capacidade de resolver problemas

Pessoas que sabem quando estão sonhando têm maior capacidade de resolver problemas

Cientistas afirmam que quem tem mais sonhos "lúcidos" podem ter mais insights

Sonhos lúcidos podem indicar melhor capacidade de identificar conexões e inconsistências escondidas

Sonhos lúcidos podem indicar melhor capacidade de identificar conexões e inconsistências escondidas

Getty Images

Pessoas que têm sonhos lúcidos têm maior capacidade de resolver problemas superiores, afirmam cientistas. As informações são do Daily Mail.

De acordo com os pesquisadores, as pessoas que conseguem reconhecer que estão dentro de um sonho enquanto estão dormindo, podem resolver melhor os problemas do mundo ao acordar do que aqueles que permanecem inconscientes do sonho até a hora em que acordam.

Um novo estudo revela que isso acontece porque as pessoas que têm sonhos lúcidos têm também um nível extra de visão.

Tecnologia faz sonhos virarem realidade por meio de computação gráfica

O conceito de sonho lúcido é mostrado no filme Incepcion, de 2010, em que os sonhadores mostram que podem detectar incongruências dentro do seu sonho.

Especialistas acreditam que algumas pessoas têm sonhos lúcidos porque elas têm um nível extra de "insight". Isso significa que seus cérebros conseguem detectar que estão em um sonho porque reconhece eventos que não fariam sentido no mundo real.

No mundo real, esta capacidade cognitiva se traduz na forma como essas pessoas resolvem os problemas. Elas são capazes de identificar conexões ou inconsistências escondidas, de acordo com cientistas da Universidade de Lincoln, do Reino Unido. O estudo foi publicado na revista da American Psychological Association, Dreaming.

Professor da escola de psicologia da Universidade de Lincoln, Patrick Bourke disse que é possível que, para se tornarem lúcidos nos sonhos, essas pessoas devam ver além da realidade esmagadora de seu estado de sonho e reconhecer que estão sonhando.

O estudo analisou 68 participantes com idades entre 18 e 25 anos que tinham experimentado diferentes níveis de sonhos lúcidos – de zero a várias vezes por mês.

Eles foram convidados a resolver 30 problemas projetados para testar sua capacidade de ter insights. Cada problema consistia em três palavras e uma palavra solução. Os resultados mostraram que os sonhadores lúcidos frequentes resolveram 25% ou mais dos problemas de entendimento do que os sonhadores não-lúcidos.

Últimas