Tecnologia e Ciência Robô da Nasa pousa com sucesso na superfície de Marte

Robô da Nasa pousa com sucesso na superfície de Marte

Objetivo da Missão Mars 2020 Perservance é investigar sinais de vida microbiana antiga no planeta vermelho

Rover e helicóptero desceram em direção ao solo pendurados por um cabo de nylon

Rover e helicóptero desceram em direção ao solo pendurados por um cabo de nylon

Nasa

Um rover da Nasa, a agência espacial norte-americana, pousou com sucesso na superfície de Marte, nesta quinta-feira (18), após sete meses de viagem pelo espaço a bordo do foguete Atlas V-541.

Entre a entrada na atmosfera marciana e a aterrissagem no solo, foram "sete minutos de terror", segundo a Nasa. A espaçonave entrou na atmosfera a 19.500 km/h e teve que reduzir gradativamente a velocidade a 2,7km/h, quando, enfim, lançou o rover Perseverance pendurados por um cabo de nylon, em direção ao solo.

A novidade da missão é um pequeno helicóptero chamado Ingenuity, que será usado pela primeira vez pelo cientistas. O desafio é conseguir fazer o equipamento voar mesmo com a densidade da atmosfera de Marte sendo o equivalente a 1% da atmosfera terrestre.

O feito é de extrema importância para a Nasa e para a exploração espacial como um todo. Além do fato de que a agência espacial só obteve êxito em 50% de suas tentativas de pouso no planeta vermelho, o Perseverance aterrissou na cratera de impacto Jezero, que tem 500 metros de profundidade e é repleta de penhascos íngremes, dunas de areia e campos de pedregulho.

Os cientistas acreditam que o local, onde existia no passado um antigo lago e o delta de um rio, preserva sinais de vida microbiana antiga, um dos principais objetos de estudo da missão Mars 2020 Perseverance.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Últimas