Astronomia

Robô da Nasa tem uma pedra de estimação em Marte

Rocha marciana se prendeu à roda do Perseverance que pousou no planeta vermelho em fevereiro do ano passado

Pedra de Marte ficou presa em roda de robô da Nasa

Pedra de Marte ficou presa em roda de robô da Nasa

Reprodução Nasa/JPL-Caltech

Uma pequena pedra está pegando uma carona há quatro meses no robô Perseverance da Nasa que está explorando a superfície de Marte.

A rocha se prendeu à roda do dispositivo no início de fevereiro e desde então foi transportada por mais de 8,5 km a bordo do equipamento espacial, disse a Nasa.

As fotos da rocha foram tiradas pelas câmeras frontais do próprio robô e mostram o fragmento marciano na roda dianteira esquerda do Perseverance.

O dispositivo pousou na superfície de Marte em 18 de fevereiro de 2021, após uma jornada de quase sete meses pelo espaço.

A Nasa disse que o 'companheiro de viagem inesperado' não está causando nenhum dano à roda, embora possa cair a qualquer momento.

O Perseverance chega a até 0,12 km/h, o que pode ser lento o suficiente para impedir que a pequena rocha marciana caia.

Antes de ficar presa na roda do Perseverance, o fragmento poderia estar no mesmo local há milhões de anos. 

O robô, que é do tamanho de um carro, tem a tarefa de buscar vestígios de vida microbiana fossilizada do passado antigo de Marte e coletar amostras de rochas para retornar à Terra.

O público pode rastrear a rota percorrida pelo Perseverance usando um mapa interativo online no site da Nasa, que usa pontos para indicar onde o dispositivo parou.

"Os engenheiros criaram essa experiência com software usado pela equipe da missão que decide onde o Perseverance explorará e como chegar lá", disse a Nasa.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Últimas