Boate Kiss

Notícias 'Chegou a hora de eu falar como foi', diz sobrevivente da Kiss ao R7

'Chegou a hora de eu falar como foi', diz sobrevivente da Kiss ao R7

Ao R7, Maike Ariel dos Santos afirmou que as vítimas do incêndio foram, por vezes, responsabilizadas por estar na boate

  • Notícias

O segundo depoimento do tribunal do júri do caso da boate Kiss deste sábado (4) sensibilizou familiares de vítimas e sobreviventes da tragédia da casa noturna, em Santa Maria (RS), que estavam na plateia do plenário do Foro Central de Porto Alegre. Enquanto Maike Ariel dos Santos, 29 anos, contava que o julgamento era o primeiro momento em nove anos que ele se sentida ouvido, de fato, outras vítimas se emocionaram.

"Sempre quiseram falar por nós o que ocorreu. Chegou a vez de eu falar como foi, eu estava lá dentro", disse ao R7 após a sessão. Assista.

Últimas