Brasil

14/2/2013 às 07h18 (Atualizado em 14/2/2013 às 07h19)

Carvalho promete avanços na reforma agrária

Ministro falou sobre a importância dos assentamentos no País

Agência Estado

Ministro Gilberto Carvalho defendeu condições dignas aos assentamentos Wilson Dias/ABr

Após ter reconhecido que a política de reforma agrária do governo Dilma Rousseff acabou criando "favelas rurais", o ministro-chefe da Secretaria- Geral da Presidência, Gilberto Carvalho explicou que "foi mal entendido" e informou que a presidente está trabalhando para dar "condições mais adequadas" aos assentamentos e torná-los independentes.

— É dar aos assentamentos terra adequada, água, estradas vicinais para escoamento da produção e estimular muito a criação das cooperativas.

Segundo ele, o novo "modelo está sendo trabalhado" pela presidente Dilma, para que os assentamentos "tenham uma vida digna" e que "não fiquem dependentes o tempo todo de ajuda, seja do Incra ou de quem for". Ele prometeu avanços no setor nos próximos dois anos de governo.

Leia mais notícias de Brasil no Portal R7

Ele tentava justificar a declaração dada na semana passada, no programa Bom dia ministro, quando reconheceu falhas no programa de reforma agrária do governo e chamou os assentamentos de "favelas rurais". Nesta quarta-feira, o ministro não quis repetir o termo, mesmo sendo perguntado. Preferiu falar que o modelo que está sendo trabalhado tem por objetivo fazer com que os assentados tenham "uma vida digna, dando mais dignidade à vida das pessoas".

O ministro Gilberto, que é o responsável pelo entendimento com os movimentos sociais, fez questão de justificar que, no momento, "a preocupação da presidente Dilma é realizar assentamentos que efetivamente possam ser referencial positivo de uma reforma agrária".

— Quando a presidente inaugura uma cooperativa em um assentamento do MST, ela dá um exemplo de como deve ser a viabilização de um assentamento e mostra a disposição politica de implementar este tipo de reforma agrária que consista em efetivamente resolver a vida das pessoas, que passam a fazer bem para toda uma região econômica.

No programa Bom dia ministro, Gilberto Carvalho justificou a redução do ritmo de concessão de terras para a reforma agrária, alegando que era preciso melhorar a infraestrutura das áreas já existentes e tornar os assentamentos autossuficientes.

— Nos próximos dois anos vamos dar um avanço importante nesta questão.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Justiça

Chocolate, livro, chinelo: veja casos "insignificantes" que acabaram no STF

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Aviação

Academia da Força Aérea abre as portas e o R7 foi conferir o poder aéreo da FAB

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Duro na queda!

Novos blindados do Exército resistem a explosões e atingem alvo a 2.000 metros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Relacionamento

Amor na política: conheça os casais que se formam nos bastidores da vida pública

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Brasil

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!