Cidades

21/11/2012 às 11h05 (Atualizado em 21/11/2012 às 11h05)

Comissão confirma tortura dentro de presídio em SC

Foram achadas balas de borrachas dentro das celas

Do R7, com Rede Record

Reprodução Rede Record

A comissão da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República confirmou que foram encontrados indícios de tortura durante a vistoria feita na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, cidade da região metropolitana de Florianópolis (SC), na última terça-feira (20).

O ouvidor Bruno Renato Teixeira informou que foram achadas balas de borracha dentro das celas, além das marcas de tiros nas paredes e a própria superlotação do local, que também caracteriza uma tortura. Atualmente o presídio abriga mais de 1.200 internos. Ele disse que faltam médicos e os presos tinham ferimentos por todo o corpo. Leia mais notícias de Cidades

A secretaria deve continuar as investigações e quer identificar se as agressões partiram dos agentes prisionais. O ouvidor disse que os culpados devem ser punidos rigorosamente e pediu agilidade no caso. O governo estadual negou a prática de tortura, mas informou que foi necessário o uso da força para conter uma rebelião no início do mês. Os agentes ameaçaram greve caso alguém seja punido e alegaram que o Estado tem apenas 1.600 profissionais para mais de 17 mil detentos, contando com os que estão afastados e de licença médica. 

A onda de ataques ocorrida no Estado na semana passada seria resposta as torturas dentro da penitenciária. A polícia registrou 68 ocorrências, ente elas, 27 ônibus incendiados, em 16 municípios. Mais de 40 suspeitos de envolvimento estão presos e três pessoas, todas apontados pela polícia como responsáveis pelos crimes, morreram.

Uma ligação feita entre presos confirmou que a ordem dos ataques saiu de dentro das detenções estaduais. Os dois presos foram identificados. De acordo com o delegado-geral Aldo Pinheiro D'Ávila, um detento está em um presídio de Blumenau e o outro, em São Joaquim. A conversa mostra um dos líderes da ação pedindo para cessar os ataques, na última quarta-feira (15).

Leia mais notícias na nova home do Portal R7

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!