Cidades

10/2/2013 às 01h49 (Atualizado em 10/2/2013 às 10h52)

Onda de violência não afasta turistas durante o Carnaval em Santa Catarina

Governo reforçou segurança e ataques cessaram depois de dez dias

Do R7, com Rede Record

Em Florianópolis, depois que um ônibus foi incendiado na terça-feira (5), os coletivos precisaram ser escoltados Cadu Rolim/Fotoarena/Estadão Conteúdo

A violência em Santa Catarina não foi motivo para os turistas mudarem de destino neste Carnaval. Do dia 30 de janeiro até sexta-feira (8), o Estado registrou 83 atentados. Ônibus foram incendiados, bases da PM, delegacia e casas de policiais foram atacadas.

Segundo João Eduardo Mortiz, da ABIH-SC (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina), a onda de ataques não afetou a ocupação dos hotéis em Florianópolis, que ficou em cerca de 94%. O medo dele é com a reputação que a criminalidade pode causar ao Estado.

— A nossa preocupação é com o futuro, se essa violência continuar vai afetar a imagem do Estado, o governo precisa fazer alguma coisa.

Pelo menos 20 presos de Santa Catarina serão transferidos para presídios federais 

Ônibus, carros, caminhão e loja são incendiados em décimo dia de ataques em SC

Pela primeira vez, desde que os ataques começaram, SC não registrou um caso por 24 horas. O último foi no fim da tarde de sexta-feira, em Rio do Sul, e até o começo da noite deste sábado não havia registro de novos casos.  

Nenhum evento precisou ser cancelado por causa da onda de violência. A segurança foi reforçada e os ônibus circulam com escolta nos pontos mais críticos de Florianópolis. 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Pacto de morte coletivo

Pais dizem que filhas não demonstraram variação no comportamento

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Goiânia

Familiares de vítimas de serial killer ficam frente-a- frente com suspeito

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Palmas (TO)

Suspeito de estuprar e matar mulher ri ao ser preso e debocha: “Saio em 3 meses”

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Crime bárbaro

Mãe conta como matou a filha de 7 anos para ritual no PR; ossada é encontrada

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Cidades

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Braço amputado

Tigre ataca menino de 11 anos em zoo do Paraná ; pai responderá por lesão

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!