Internacional

25/2/2013 às 14h47 (Atualizado em 25/2/2013 às 15h30)

Abbas acusa Israel de querer gerar "caos" entre palestinos

Choques entre palestinos e forças israelenses deixam sete feridos na Cisjordânia, em protestos pela morte de Arafat Yaradat

EFE

Mahmoud Abbas afirma que não deixará passar a morte de Yaradat AP

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, afirmou nesta segunda-feira (25) que Israel quer provocar o "caos", no segundo dia de enfrentamentos na Cisjordânia pela morte de um palestino em uma prisão israelense.

— Os israelenses querem caos (...). Não deixaremos arrastar para o caos e para a desordem a vida de nossas crianças e de nossos jovens.

Abbas afirmou que "não deixaremos passar a morte" de Yaradat, que "foi preso e retornou em um caixão", informou a agência "Ma'an".

 

Enterro de prisioneiro palestino morto em Israel atrai milhares de pessoas

Veja as principais imagens desta segunda-feira (25) no Brasil e no mundo

A morte de Arafat Yaradat, o prisioneiro palestino que morreu no último sábado (23) em uma prisão israelense por causa de possíveis torturas, desencadeou uma onda de protestos por todo o território da Cisjordânia na qual só hoje ficaram feridos sete pessoas, entre eles um adolescente de 13 anos.

Segundo a agência palestina "Ma'an", o adolescente, Mohammed Khaled al Kurdi, se encontrava no campo de refugiados do Aida quando recebeu vários tiros nas costas e uma perna.

Também estão entre os feridos três oficiais da Polícia israelense de Fronteiras. Segundo a agência oficial "Wafa", os agentes foram feridos perto da prisão de Ofer, ao sul de Ramala, onde jovens palestinos realizaram inúmeros ataques.

De acordo com a fonte, dois deles foram feridos por disparos, sendo que o terceiro, que também segue internado, sofreu o impacto de uma bomba de gás lacrimogêneo na cabeça.

Outros dois manifestantes também foram feridos com balas de borracha nesse mesmo campo de refugiados. O sétimo ferido é um soldado israelense, que levou uma pedrada no bloco de assentamentos judaicos de Gush Etsión, situado no distrito ocupado palestino de Belém.

Israel pede à Autoridade Palestina que acabe com as manifestações

Enterro de prisioneiro palestino morto em Israel evidencia clima de tensão

Israel ainda não entregou o relatório final da autópsia, realizada em um instituto legista em Tel Aviv sob supervisão palestina. Segundo os médicos israelenses as fraturas em duas costelas e os machucados podem ter sido causadas pelos esforços de reanimação que se lhe praticaram, e não por torturas, como assegurou ontem o médico palestino.

Israel teme que a onda de violência pela morte de Yaradat, que se soma à que já havia originado nas últimas duas semanas a greve de fome de quatro presos palestinos, leve a um novo levantamento popular ou armado nos territórios ocupados.

Nesse sentido, Abbas destacou que "a única coisa que pedimos é uma paz baseada na justiça e a suspensão dos assentamentos".

— Somos um estado sob ocupação de acordo com a IV Convenção de Genebra, Israel não deveria alterar a natureza da terra que está ocupando e transferir sua gente para ela.

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!