Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

23/5/2013 às 08h30 (Atualizado em 23/5/2013 às 10h41)

Médico é indiciado após jogar cachorros pela janela em Copacabana; animais morreram na hora

Família disse que suspeito tem problemas psicológicos e já tentou matar o filho

Do R7

Reprodução/Rede Record

Um médico é suspeito de ter jogado dois cachorros do sexto andar – cerca de 18 metros – de um prédio da rua Belford Roxo, em Copacabana, zona sul do Rio, na noite de quarta-feira (22). O animais morreram na hora.

De acordo com a polícia, o homem foi indiciado por crime de abuso e maus-tratos de animais. Ele responderá em liberdade.

Segundo a delegada Soraia Vaz de Santana, da Delegacia de Copacabana (12ª DP), familiares contaram que o médico faz uso de remédio controlado e teria problemas psicológicos.

A irmã do suspeito teria revelado que ele tentou matar o próprio filho de três anos no ano passado. A mulher do médico será intimada a prestar depoimento.

— A família relatou histórico de agressividade, inclusive um atentado contra a vida do filho dele. Mas não apresentou documento hábil que comprove isso.

Na delegacia, o homem, visivelmente transtornado, disse ter visto um vulto dentro do apartamento. Logo depois, segundo ele, percebeu que os cachorros não estavam mais no local.

A pena prevista para o crime varia de três meses a um ano de prisão, com acréscimo de um terço por causa da morte dos animais.

Assista ao vídeo:

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!