Feridos em incêndio em carro alegórico passam bem, segundo Prefeitura de Santos

Quatro vítimas seguem internadas; Santos Futebol Clube lamenta as mortes

Os feridos no incêndio de um carro alegórico da escola de samba Torcida Sangue Jovem no Carnaval da cidade passam bem, de acordo com a Prefeitura de Santos. No acidente que aconteceu nesta madrugada, quatro pessoas morreram e pelo menos oito ficaram feridas. Três vítimas permaneciam na Santa Casa de Santos e outra seguia internada em um hospital de São Vicente. Pelo menos oito pessoas se machucaram no incidente.

O  Santos Futebol Clube divulgou uma nota lamentando o ocorrido. A escola de samba é organizada pela torcida oficial do time. O clube informou que está oferecendo todo o apoio aos familiares e amigos das vitimas e dos feridos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu quando um carro alegórico se incendiou ao fazer uma manobra na área de dispersão e atingir os fios de alta-tensão da rede elétrica. Segundo a corporação, a região do sambódromo chegou a ficar sem energia elétrica. No momento do acidente, o desfile ainda não havia terminado.

Veja fotos do acidente em Santos

Integrante morre após desfile em SP

Leia mais notícias de São Paulo

O samba enredo da escola de samba, formada por integrantes da torcida organizada do Santos Futebol Clube, prestava homenagem a Pelé.

Cancelamento do Carnaval

Após o acidente, a Prefeitura de Santos, em conjunto com a Liga das Escolas de Samba de Santos, suspendeu os desfiles das últimas três escolas do grupo especial que se apresentariam na madrugada desta segunda-feira (12) na Passarela do Samba Dráusio da Cruz, na zona noroeste, em razão de um acidente com um carro alegórico da Sangue Jovem na área de dispersão.

Em nota, a prefeitura informou que está prestando todo o auxílio necessário às vítimas e familiares. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas.