São Paulo

2/7/2013 às 07h25 (Atualizado em 2/7/2013 às 09h22)

Manifestante é baleado por motorista que tentou furar bloqueio na rodovia Anchieta

Após o crime, protesto seguiu para o centro de São Bernardo; houve confronto e vandalismo

Do R7, com Agência Record e Balanço Geral

Protesto em SBC acaba com um baleado, 13 detidos, além de saques e vandalismo Adriano Lima/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo

Um estudante, de 18 anos, foi baleado no ombro por volta das 20h desta segunda-feira (1º), na manifestação dos estudantes que acontecia na rodovia Anchieta, nas proximidades do km 18, em São Bernardo do Campo, região do ABC paulista. Os manifestantes foram para o centro da cidade, onde aconteceram saques e atos de vandalismo. Treze pessoas foram detidas.

O estudante foi levado para um pronto-socorro da região e passa bem. Os manifestantes chegaram a bloquear os dois sentidos da rodovia no começo da noite reivindicando melhores serviços públicos. Cerca de cinco mil pessoas participaram do ato organizado por grupos do ABC Paulista. Motoristas que ficaram presos no congestionamento tentavam desviar. Alguns seguiram até na contramão.

As pistas já estavam sendo liberadas quando um carro se aproximou dos manifestantes. Cerca de cinco pessoas entraram na frente do veículo e pediram que o motorista parasse. Testemunhas afirmaram que ele acelerou e derrubou três manifestantes.

Manifestantes fecham trechos das rodovias Anhanguera e Raposo Tavares no interior de SP

Leia mais notícias de São Paulo

Outros manifestantes cercaram seu veículo e começaram a chutar e balançar. O motorista abaixou um pouco o vidro do carro e disparou um tiro contra as pessoas. O atirador conseguiu fugir. A ocorrência foi encaminhada ao 2º Distrito Policial de São Bernardo do Campo.  

Depois que o estudante foi atingido, os manifestantes foram em direção à prefeitura de São Bernardo. Ali, um pequeno grupo entrou em confronto com a polícia. Várias vidraças foram quebradas em uma agência bancária que funciona num anexo à prefeitura. A repartição ao lado também teve vidros quebrados. Segundo a polícia, eles usavam pedras para atingir a prefeitura.

Rodovias de SP podem ficar bloqueadas até quinta-feira

Sindicatos querem fechar rodovias, marginais e Paulista durante manifestação

Na avenida Marechal Deodoro, uma ótica foi saqueada. Armações de grife desapareceram dos mostruários. As gavetas ficaram vazias. O prejuízo foi estimado em R$ 400 mil. No prédio ao lado, uma galeria também foi invadida e algumas lojas saqueadas.  

A polícia deteve 13 pessoas, mas apenas um vai permanecer preso por dano ao patrimônio. Nove detidos eram adolescentes e estavam com duas armas de brinquedo. Eles foram ouvidos e liberados. Uma tesoura e um punhal foram encontrados com outro homem. Ele tentou se aproximar do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, que foi à prefeitura logo depois do tumulto. O suspeito foi detido ao mostrar o punhal para um segurança do prefeito e vai responder por ameaça.

Assista ao vídeo:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Assalto na Dutra

Empresário morto ao saltar de carro em movimento era fã de armas e velocidade

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Abusos

Menina de 13 anos sobrevive após ser estuprada e jogada em rio de Mairiporã

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
17 anos

Sessão de tortura de garota queimada com cigarro durou quatro horas

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Você moraria nestes lugares?

Veja como estão imóveis que foram cenários de tragédias em São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de São Paulo

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!