• Twitter Created with Sketch.

Amamentação auxilia na prevenção do câncer de mama

Especialista ensina os cuidados que a mulher deve ter durante o período de aleitamento

Do R7

Estudo recente constatou que 55% das mulheres não fazem o exame das mamas durante a gestação
Estudo recente constatou que 55% das mulheres não fazem o exame das mamas durante a gestação Getty Images

Na Semana Mundial do Aleitamento Materno, que vai até quinta-feira (8), a SBM (Sociedade Brasileira de Mastologia) alerta que a amamentação não só beneficia os bebês, como também é fundamental para a saúde das mães na prevenção do câncer de mama.

Segundo o mastologista Anastasio Berrettini, presidente da Comissão de Aleitamento Materno da SBM, mulheres que amamentam por mais de seis meses têm menos chances de desenvolver a doença devido à substituição do tecido glandular por gordura nas mamas.

— A amamentação é uma proteção natural.

Já a mulher com câncer de mama, se amamentar por mais de um ano, tem a chance de desenvolver a doença menos agressiva e com melhor prognóstico.

Amamentação: acúmulo de leite pode provocar inflamação, alerta especialista. Veja mitos e verdades

No entanto, os benefícios da amamentação na prevenção do câncer de mama não ficam restritos somente às mães. De acordo com os últimos estudos, os componentes do leite materno fornecem uma proteção contra a doença na idade adulta dos bebês.

Mulheres mostram suas cicatrizes em campanha de combate ao câncer de mama na internet

Além disso, o mastologista ensina os cuidados que a mulher deve ter durante o período de aleitamento para preservar a saúde mamária.

— Tudo que possa sensibilizar a região deve ser evitado, como o uso de cremes e pomadas — que, por hidratar a pele, a deixam mais sensível a fissuras durante a amamentação.

Falta de informação prejudica aleitamento materno

O médico acrescenta que expor as mamas ao sol e ajudar o bebê a mamar de maneira adequada também previnem machucados e a mastite (inflamação das mamas).

Exame das mamas

Um estudo recente constatou que 55% das mulheres não fazem o exame das mamas durante a gestação. Para o especialista, o acompanhamento durante o pré-natal é fundamental.

— O ideal é que o exame clínico seja feito uma vez por trimestre. A amamentação ofusca o diagnóstico precoce do câncer de mama. Portanto, o exame das mamas na gravidez é extremamente importante.

 

  • Espalhe por aí:

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log