• Twitter Created with Sketch.

Após apelo, mãe consegue R$ 500 mil para salvar filha com má-formação no intestino: “Estou acordando de um sonho”

Últimos R$ 40 mil que faltavam foram doados por outra mãe que está na mesma situação 

Dinalva Fernandes, do R7

Glaucia conseguiu arrecadar o dinheiro para a cirurgia da filha
Glaucia conseguiu arrecadar o dinheiro para a cirurgia da filha Reprodução/ Instagram

Os dias de angústia de Isabela Ponte Ramos Diringer, de 12 anos, de Mogi das Cruzes (SP), e de sua família estão prestes a acabar. A menina, que convive com apenas 17 cm de intestino desde seu nascimento, conseguiu arrecadar os R$ 500 mil necessários para custear uma operação, passagem e hospedagem na Inglaterra. Em conversa com o R7 na manhã desta segunda-feira (9), Glaucia, mãe da garota, disse que a repercussão do caso na mídia foi fundamental para alcançarem a quantia rapidamente.

— Como mãe, eu estou extremamente feliz. Não esperava essa repercussão toda. Estou começando a acordar de um sonho de que minha filha vai ser curada e que não corro mais o risco de perdê-la.

Após doação de policiais civis e militares de Santo André, no ABC Paulista, na semana passada, o caso de Isabela ganhou notoriedade e mais pessoas fizeram doações. Na sexta-feira (6), Glaucia entrou em contato com outra amiga que vive o mesmo drama que ela. Jéssica Marzola, de 25, é mãe de Chico, de quatro anos, que também tem gastrosquise [má-formação no intestino].

A família do menino iniciou campanha para arrecadar a quantia para a cirurgia dele há cerca de dez dias. Com o sentimento de mãe e a solidariedade de quem enfrenta o mesmo problema, a dona de casa contou que decidiu junto com o marido doar a quantia restante para Glaucia.

— A nossa rotina é muito difícil, mas nós vivemos isso há quatro anos e ela, há 12 anos. E quanto mais velha a criança for, maior a chance de não obter o resultado esperado. Mas nós temos fé de que vamos conseguir o dinheiro para o Chico.

Isabela passará uma por outra cirurgia nesta segunda-feira (9) no Hospital Sabará, em São Paulo, devido à uma infecção no cateter que a ajuda a se alimentar. Depois da recuperação da filha, Glaucia pretende correr atrás de passaporte e recolver toda a burocracia para poderem viajar.

— Mandei email para o médico que retorna na semana que vem de férias e me informaram que já estão preparando o quarto para a Isa. Acredito que em fevereiro ela opera. Agora, é correr atrás de passaporte e resolver tudo para a viagem.

Glaucia ainda afirmou que vai doar o excedente dos R$ 500 mil para a campanha de Chico em solidariedade à amiga que a ajudou.

  • Espalhe por aí:

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log