Saúde

22/1/2014 às 11h37 (Atualizado em 22/1/2014 às 14h48)

Campanha de vacinação contra o HPV começa em março

Meninas de 11 a 13 anos serão as primeiras beneficiadas

Kamilla Dourado, do R7

Meninas entre 11 e 13 anos vão receber a vacina contra o HPV pelo SUS Getty Images

A vacina contra o HPV (Papiloma Vírus Humano) começa a ser aplicada na rede pública de saúde partir do dia 10 de março em meninas de 11 a 13 anos. Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação será feita por etapas, ou seja, em 2015 o foco será meninas de 9 a 11 anos e, em 2016, meninas de nove anos.

A meta é vacinar 80% do público-alvo, o que representa 5,2 milhões de meninas. A vacina estará disponível em 36 mil postos da rede pública de saúde durante todo o ano. Para receber a imunização, a adolescente deverá apresentar o cartão de vacinação ou um documento oficial com foto.

Segundo o ministro da saúde, Alexandre Padilha, cada calendário será definido pelo município, mas a orientação é que as primeiras doses sejam tomadas nas escolas.

— Certamente será a maior campanha mundial contra o HPV. Estimulamos que a primeira e segunda doses aconteçam na escola, mas também queremos que a adolescente vá aos postos de saúde. A gente espera que a ida ao posto estimule as adolescentes a tomarem outras vacinas e as mães, ao levarem as filhas, procurarem exames preventivos. 

Duração da vacina contra o HPV ainda é desconhecida

O HPV é a principal causa do câncer de útero e a imunização só estará completa depois de três doses. A segunda deverá ser tomada seis meses após a primeira e a terceira após cinco anos.

Vacina contra o HPV também previne câncer de ânus

Segundo a coordenadora da campanha, Carla Domingues, o índice de imunização chega a quase 100%.

— A vacina é 98% eficaz contra o câncer de útero, é uma das vacinas mais eficazes que temos no nosso calendário. Mas devemos alertar que é uma medida preventiva e não curativa e não substitui o exame preventivo, o papanicolau e o uso de camisinha.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e ainda não tiveram contato com o vírus. 

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o HPV atinge 290 milhões de mulheres no mundo, 32% estão infectados com os tipos que mais causa câncer de colo do útero. 

Custo e campanha

No primeiro ano serão compradas 15 milhões de doses com o custo de R$ 31,02 por dose e total de R$ 465 milhões. Segundo o Ministério da Saúde, é o menor preço do mercado internacional. Em cinco anos, a vacina passará a ser produzida pelo Brasil, por meio do Instituto Butantã.

Para orientar as meninas e pais, peças informativas serão veiculadas por meio de cartazes, rádios, filme para TV, anúncio em revistas, outdoors. Com o tema “Cada menina é de um jeito, mas todas precisam de proteção”, a campanha será veiculada, principalmente, nas redes sociais.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Sonho

Com câncer terminal, pai pede para filha se “casar” aos 11 anos de idade

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Doença estranha

Com condição rara, jovem, de 24 anos, tem 50 orgasmos por dia

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Gravidez de anãs

Mulher do apresentador Marquinhos espera o 1º filho do casal. Veja como é!

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Tragédia

Jovem entra em coma e fica paralítica após colocar silicone nos seios

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Prematuro

Emocionante: Pai de bebê de 680 g registra luta do filho pela vida

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!