Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Saúde

30/1/2013 às 01h12 (Atualizado em 30/1/2013 às 08h25)

Dificuldade de ejaculação pode causar problemas no coração, diz pesquisa

Pesquisa faz parte da maior observação contínua da saúde durante o envelhecimento no hemisfério sul

EFE

Problemas de ereção são muito comuns e ocorrem em aproximadamente um a cada cinco homens com mais de 40 anos Getty Images

A disfunção sexual masculina assinala uma doença cardiovascular "silenciosa" e maiores riscos de morte prematura por qualquer causa, aponta um estudo divulgado nesta terça-feira (29) pela revista "Public Library of Science" (PLoS). A pesquisa, que aconteceu na Austrália sobre o histórico de hospitalização e as mortes de 95 mil homens maiores de 45 anos, faz parte da maior observação contínua da saúde durante o envelhecimento no hemisfério sul.

Emily Banks, diretora científica do estudo, comenta:

— Os riscos de futura doença cardíaca e morte prematura aumentam de maneira clara com a disfunção erétil, tanto nos homens com um histórico de doença cardiovascular como nos demais.

Disfunção erétil: conheça essa e outras complicações do diabetes

Falta de higiene íntima pode causar câncer no pênis

Segundo Banks, a disfunção da ereção, "mais do que causar a doença cardíaca, é um sintoma ou sinal de um problema cardíaco subjacente e pode se transformar em um indicador que ajudará os médicos a observarem o risco cardiovascular".

— Esse é um assunto delicado, mas os homens não devem sofrê-lo em silêncio. Há muitos tratamentos eficazes tanto para a disfunção erétil como para a doença cardiovascular.

Homens que escovam os dentes têm menos chances de problemas de ereção

A pesquisa dirigida por Banks, que é professora da Universidade Nacional da Austrália, examinou o histórico médico e as mortes de 95.038 homens, dos quais mais de 65 mil não tinham diagnóstico de doença cardiovascular no começo do estudo.

Sexólogas desvendam os mitos sobre o prazer sexual

Os indivíduos analisados tinham idades compreendidas entre 45 e 106 anos, com idade média de 62 anos. Durante o período de 2,2 anos finalizado em junho de 2010, houve nesse grupo 7.855 casos de hospitalizações por doença cardiovascular, e 2.304 mortes durante o acompanhamento de 2,8 anos encerrado em dezembro de 2010.

O artigo assinala que os problemas de ereção são muito comuns e ocorrem em aproximadamente um a cada cinco homens com mais de 40 anos.

— Essa dificuldade tende a crescer com a idade e, embora possa ser um sintoma inquietante e estressante, se reconhece cada vez mais como um indicador importante de problema cardiovascular.

No estudo, a disfunção sexual grave, segundo informações dos próprios indivíduos, afetava 2,2% dos homens com idades entre 45 e 54 anos; 6,8% entre 55 e 64 anos; 20,2% entre 65 e 74 anos; 50% entre 75 e 84 anos, e 75,4% dos maiores de 85 anos.

Outros estudos já haviam demonstrado que os homens com um problema grave de disfunção sexual têm mais chances de sofrer problemas cardiovasculares como um ataque cardíaco ou um infarto. A pesquisa australiana, no entanto, é a primeira que revisou os dados relacionados com todos os níveis de disfunção sexual masculina desde zero, passando por leve, moderada e grave.

Em termos gerais, a prevalência da disfunção sexual grave foi mais alta entre os homens fumantes, com renda mais baixa, menor consumo de álcool, nível mais baixos de educação e os solteiros e viúvos. O problema também foi mais comum entre diabéticos, cardíacos e homens que passavam por tratamento para hipertensão ou alto nível de colesterol. 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Compartilhe
Transformação do corpo

Dançarina do Legendários diz: “Era doente, me pesava 10 vezes por dia”

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Ajude o Pedrinho

Mãe abre o coração e admite "tenho medo de perder meu filho"

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Higiene íntima

Cheiro ruim nas partes íntimas? Veja as causas e dicas para driblar o problema

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Publicidade
Compartilhe
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
História de amor

Britânico morre horas depois de se casar em cama de hospital

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Saúde ocular

Ameba "come" olho de jovem que usou lente de contato por seis meses seguidos

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!