Saúde

17/9/2012 às 06h00 (Atualizado em 18/9/2012 às 11h14)

Maioria das mulheres será infectada por HPV alguma vez na vida

Vírus é o principal fator de risco para o desenvolvimento de câncer de colo de útero

Fabiana Grillo, do R7

Cerca de 80% das mulheres sexualmente ativas serão infectadas por um ou mais tipos de HPV ao longo da vida Getty Images

O HPV (papilomavírus humano) é um vírus altamente prevalente na população feminina — cerca de 80% das mulheres sexualmente ativas serão infectadas por um ou mais tipos de HPV ao longo da vida, mas apenas 10% delas desenvolve algum tipo de lesão, conforme explica a ginecologista Dra. Neila Maria de Gois Speck, professora afiliada do departamento de Ginecologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e membro da diretoria da Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior.

— Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV que são classificados de baixo e alto risco. Destes, somente 15 tipos podem desenvolver câncer e 30 afetam a região genital, podendo causar lesões pré-malignas.

Médicos discutem importância da vacinação contra o HPV

Segundo a médica, a maioria das mulheres infectadas por HPV não fica sabendo, já que o sistema imunológico é capaz de combatê-lo sem causar danos à saúde.

O oncologista Dr. Glauco Baiocchi Neto, diretor de Ginecologia Oncológica do Hospital A.C. Camargo, em São Paulo, explica que dos 15 tipos de alto risco, dois (HPV 16 e 18) são responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero.

— Além disso, há outros dois tipos considerados de baixo risco, HPV 6 e 11, responsáveis por 80% das verrugas genitais, que geralmente não evoluem para câncer mas, mesmo assim, precisam ser tratadas.

Prevenção

Como a principal forma de contágio é via sexual, o Dr. Baiocchi reforça a necessidade do uso da camisinha mesmo em relações estáveis. Além disso, ele frisa que outra maneira de ficar longe do vírus é por meio da vacinação.

— Já sabemos que a vacina contra o HPV é eficaz, inclusive para homens, mas ela deve ser administrada, de preferência, antes da iniciação sexual. Se não for possível, a indicação de bula é para a faixa etária entre nove e 26 anos.

Atualmente, há duas vacinas disponíveis na rede privada, que são chamadas de bivalente e quadrivalente. Segundo o oncologista, a diferença entre elas é que a primeira protege apenas contra o câncer e a segunda previne também as verrugas genitais.

Apesar de ser uma doença grave e que não apresenta sintomas, o HPV tem tratamento e cura. Dependendo do estágio, é recomendado a aplicação de medicamentos no local, cirurgia a laser, cauterização ou até pequenas intervenções.

Além dos métodos preventivos, a Dra. Neila orienta fazer o exame de papanicolau uma vez por ano ou, pelo menos, a cada três anos, de acordo com recomendação do Ministério da Saúde.

— Com um papanicolau bem feito, é possível evitar o câncer de colo de útero, já que a evolução da doença por HPV é bem lenta.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Sonho

Com câncer terminal, pai pede para filha se “casar” aos 11 anos de idade

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Doença estranha

Com condição rara, jovem, de 24 anos, tem 50 orgasmos por dia

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Gravidez de anãs

Mulher do apresentador Marquinhos espera o 1º filho do casal. Veja como é!

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Tragédia

Jovem entra em coma e fica paralítica após colocar silicone nos seios

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Prematuro

Emocionante: Pai de bebê de 680 g registra luta do filho pela vida

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!