Bahia Tragédia em Pituaçu: três vítimas ainda são procuradas nos escombros 

Tragédia em Pituaçu: três vítimas ainda são procuradas nos escombros 

Buscas por três vítimas continuam na manhã desta terça-feira 

  • Bahia | Ruanderson Dias, estagiário do R7

Menino de 12 anos morreu, de acordo com a SMS

Menino de 12 anos morreu, de acordo com a SMS

Reprodução/*Record TV Itapoan

Um prédio de três andares onda moravam sete pessoas da mesma família desabou na manhã de chuvas desta terça-feira (13), na Rua Alto de São João, no bairro de Pituaçu, em Salvador. Um menino de 12 anos morreu, de acordo com a SMS (Secretaria de Saúde do Município). As buscas por outras três vítimas continuam nesta manhã.

Leia mais notícias no R7 BA

Três pessoas moravam em um andar de cima: um homem, a mulher dele e o filho deles, um bebê. Todos eles já foram retirados do imóvel e levados para o HGE (Hospital Geral do Estado). Eles foram identificados como Alex Pereira de Jesus, de 29 anos, Beatriz, de 30 anos e Sabrina Menezes, de 11 meses. 

Quatro ambulâncias do Samu atuam no local do resgate. Moradores da localidade e bombeiros também estão nos trabalhos, na tentativa de retirar as demais vítimas. O desabamento ocorreu por volta das 6h.

O prédio ficava no final de um beco estreito na rua Alto do São João. Moradores se aglomeraram no espaço para acompanhar o resgate, e a quantidade de pessoas no caminho chega a atrapalhar a passagem das equipes.

Vazamento de gás de cozinha preocupa

O vazamento de gás de cozinha no local preocupa integrantes do Corpo de Bombeiros no trabalho de resgate de três vítimas que se encontram sob os escombros. Segundo o major Ramon Diego, do Corpo de Bombeiros, o vazamento ocorreu com o desmoronamento do prédio. Para evitar maior problema, foi solicitado à Coelba o desligamento da rede de energia.

Casa demolida

Equipes da Codesal (Defesa Civil), com ajuda de moradores, seguem com o trabalho de resgate. Para facilitar o acesso às pessoas que estão soterradas nos escombros, uma casa ao lado do imóvel que desabou precisou ser demolida.

Famílias receberão auxílio-moradia

Os moradores que residem próximo ao local do prédio que desabou na manhã desta terça-feira (13) e deixou uma criança morta e três feridos, receberão um auxílio-moradia da prefeitura. Conforme a diretora de Semps (Gestão de Políticas Sociais da Secretaria Municipal de Promoção Social Esporte e Combate à Pobreza), Juliana Portela, será feito um cadastro para identificar as famílias que terão direito ao benefício.

"De acordo com a terraplanagem da área vai ser feito o cadastro social dessas famílias e elas serão incluídas no auxílio-moradia e necessitando do acolhimento provisório elas serão encaminhadas para esse atendimento", disse em entrevista a Record TV Itapoan.

Transtornos

A chuva que cai em Salvador, desde a madrugada desta terça-feira (13), causa diversos transtornos. Segundo a Transalvador, (Superintendência de Trânsito do Salvador), a chuva deixa alagado trechos do Largo da Calçada; Dique do Tororó sentido Avenida Bonocô; Avenida Paralela sentido Centro; Rua Régis Pacheco, no Uruguai, e na região de Dendezeiros.

Ainda de acordo com o órgão de trânsito, um poste caiu no fim de linha do Marback, atingindo dois veículos. O acesso à Djalma Dultra está impedido após um micro-ônibus colidir em um poste na Ladeira dos Galés. Na Jequitaia, um ônibus também bateu em poste, deixando oitos pessoas feridas. O acidente ocorreu próximo do Atakarejo.

Últimas