Bia Kicis e outros deputados vão depor em inquérito das fake news

Decisão de Alexandre de Moraes determina que parlamentares federais e estaduais de São Paulo sejam ouvidos no prazo máximo de 10 dias 

Bia Kicis vai depor à PF

Bia Kicis vai depor à PF

Cleia Viana/Câmara dos Deputados-05/03/2020

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes determinou que seis deputados federais e dois estaduais de São Paulo prestem depoimento à PF (Polícia Federal) em até 10 dias no inquérito das fake news.

A decisão determina a oitiva dos deputados federais Bia Kicis, Carla Zambelli, Daniel Lúcio da Silveira, Filipe Barros Baptista de Toledo Ribeiro, Geraldo Junio do Amaral e Luiz Phillipe Orleans e Bragança e dos deputados estaduais de São Paulo Douglas Garcia e Gildevanio Ilso dos Santos Diniz. 

O texto também pede a expedição de ofício para que todos os conteúdos das redes sociais dos envolvidos sejam preservados. 

Nesta quarta, a PF deflagrou operação de investigação de fake news, com o cumprimento de 29 mandados de busca e apreensão. Houve cumprimento de mandados em endereços ligados ao empresário Luciano Hang, ao ex-deputado Roberto Jefferson, entre outros.  

O inquérito investiga notícias falsas que atinjam "a honorabilidade e a segurança do Supremo Tribunal Federal, de seus membros; bem como de seus familiares".