Crise na Venezuela

Brasil Brasil apoia proposta de renúncia conjunta de Maduro e Guaidó

Brasil apoia proposta de renúncia conjunta de Maduro e Guaidó

Proposta apresentada pelos Estados Unidos como como caminhos para uma transição democrática na Venezuela foi defendida pelo Itamaraty

Reuters
Itamaraty concorda com proposta dos Estados Unidos

Itamaraty concorda com proposta dos Estados Unidos

Ueslei Marcelino/Reuters

O Brasil apoia a proposta apresentada pelos Estados Unidos de que haja uma renúncia conjunta do ditador venezuelano Nicolás Maduro e do autoproclamado presidente do país vizinho, Juan Guaidó, como um dos caminhos para uma transição democrática, informou o Ministério das Relações Exteriores em comunicado nesta quarta-feira (1º).

Segundo o Itamaraty, há uma concordância do Brasil com a "proposta de uma Moldura Institucional para a Transição Democrática na Venezuela", apresentada na véspera pelos EUA. Disse que ela é um "instrumento capaz" de contribuir para o restabelecimento da democracia na Venezuela.

Leia mais: EUA oferecem US$ 15 milhões pela captura de Maduro

"De maneira convergente com a proposta, o governo brasileiro considera que somente a realização de eleições presidenciais livres, justas e transparentes poderá pôr fim à grave crise política, econômica e humanitária por que passa a Venezuela", disse.

"Considera, igualmente, que a saída de Nicolás Maduro é condição inicial para o processo, uma vez que ele carece de qualquer legitimidade para ser parte numa transição autêntica", completou.

Últimas