Brasil Covid: 58,5% do público-alvo no Brasil recebeu a primeira dose

Covid: 58,5% do público-alvo no Brasil recebeu a primeira dose

De acordo com o Ministério da Saúde, 93,6 milhões de pessoas receberam a 1ª dose e 36,7 milhões, a 2ª dose ou dose única

  • Brasil | Da Agência Brasil

Foram distribuídas, ao todo, 164,4 milhões de doses aos estados

Foram distribuídas, ao todo, 164,4 milhões de doses aos estados

Domenech Castelló / EFE - 22.7.2021

Dados do Ministério da Saúde apontam que foram aplicadas no Brasil mais de 130 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Desse total, 93,6 milhões de pessoas receberam a 1ª dose – 58,5% do público-alvo definido pela pasta, de 160 milhões.

Os números divulgados nesta sexta-feira (23) mostram ainda que 36,7 milhões de pessoas receberam a 2ª dose ou dose única contra a covid-19. Até o início da noite, haviam sido distribuídas 164,4 milhões de doses aos estados e ao Distrito Federal.

Falta de vacinas

Apesar do cenário promissor, cresceu o número de cidades que apontaram falta de vacinas contra a covid-19 pela segunda semana consecutiva, de acordo com pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Nesta semana, 797 municípios relataram o problema, o equivalente a 25,1% da amostra analisada. Mais 2.347 cidades (73,8%) não informaram ter passado pelo desabastecimento de imunizantes e 37 não responderam. O levantamento abrangeu 3.181 dos 5.568 municípios brasileiros.xx

Das cidades que não receberam imunizante, 765 (96%) ficaram sem a 1ª dose. Em 116 (14,6%) das cidades sem vacinas, foi registrada a falta da 2ª dose. A ausência da 1ª e da 2ª doses pode ser concomitante.

Últimas