Brasil Força-tarefa atua nas cidades baianas afetadas pelas chuvas

Força-tarefa atua nas cidades baianas afetadas pelas chuvas

Corpo de Bombeiros atua no resgate de vítimas; comida, água e medicamentos são levados para moradores de 13 cidades

  • Brasil | Da Agência Brasil

Estragos causados pelas fortes chuvas na Bahia: governo faz mobilização para salvar vidas

Estragos causados pelas fortes chuvas na Bahia: governo faz mobilização para salvar vidas

Prefeitura de Eunápolis

O Governo da Bahia segue com a mobilização para salvar vidas, levar socorro às comunidades e liberar acesso nas rodovias atingidas pelos temporais. Já são 25 municípios em situação de emergência, de acordo com os decretos homologados e publicados no Diário Oficial.

Cerca de 80 militares do Corpo de Bombeiros, além de 37 alunos e instrutores de cursos de salvamento, atuam nos resgate de vítimas e no apoio às comunidades, no extremo sul e em outras regiões do estado. Comida, água, medicamentos e outros itens estão sendo levados de forma prioritária para os moradores de 13 cidades.

Nas últimas horas, os militares verificaram o estado de uma ponte no município de Itamaraju, e também atenderam a ocorrências de desabamento em Várzea Alegre e Novo Prado, no município de Prado. Gestantes e pessoas com comorbidades, em especial aquelas que fazem tratamento de hemodiálise, são prioridade no atendimento.

Em Jucuruçu, com a ajuda da população, foram improvisados acessos para que as viaturas distribuíssem cestas básicas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os municípios afetados no extremo sul são: Eunápolis, Guaratinga, Itabela, Itamaraju, Itanhém, Jucuruçu, Medeiros Neto, Mucuri, Prado, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas e Vereda. No sul, são: Mascote, Itacaré, Itabuna, Ilhéus, Canavieiras, Camacan e Belmonte. Em outras regiões: Apuarema, Conceição do Almeida, Caetanos, Encruzilhada, Ibicuí, Ipiaú, Itambé, Itaquara, Jequié e Macarani.

Reforço aéreo

O Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) segue também engajado na força-tarefa nas regiões sul e extremo sul do estado, realizando ações para reduzir os impactos da enchente na população. Ao longo desta sexta-feira (10), os helicópteros Guardião 02 e 05 sobrevoaram as áreas alagadas, para monitorar o alcance das inundações.

Acesso nas rodovias

A circulação de veículos no quilômetro 10 da BA-284, próximo ao acesso do distrito de São Paulino, entre o entroncamento da BR-101, em Itamaraju, e o distrito de Alho, já está totalmente liberada. A retomada do tráfego no local foi permitida após a execução das ações emergenciais pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), na tarde desta sexta-feira (10). Os serviços para a restauração da pista, que rompeu com as fortes chuvas do extremo sul baiano, permanecem sendo feitos na rodovia.

Em outro ponto da BA-284, as ações para dar condições de trafegabilidade à via de ligação entre Itamaraju e o distrito de Alho foram iniciadas pela equipe técnica da Seinfra na manhã deste sábado (11). Os serviços de manutenção no quilômetro 17 – em que a pista também cedeu, devido ao período chuvoso na região – começaram após a chegada dos equipamentos, como escavadeiras. O trânsito no local continua interrompido, e será retomado após a conclusão dos trabalhos.

Na BR-489, os motoristas que utilizam o trecho entre Itamaraju e Prado devem ficar atentos. O tráfego nos quilômetros 2, 13 e 13 da rodovia ainda está interditado, por causa do rompimento da pista. A previsão é que, partindo de Prado, os equipamentos para realizar a requalificação da via sejam deslocados até o fim da tarde deste sábado. A obra começará no quilômetro 15 e, na sequência, seguirá em direção aos quilômetros 13 e 2.

Últimas