Brasil Huck, Claudia Leitte e Victor & Leo estão na lista de jatinhos do BNDES

Huck, Claudia Leitte e Victor & Leo estão na lista de jatinhos do BNDES

BNDES emprestou via bancos privados mais de R$ 1,9 bilhão para a compra de jatinhos da Embraer, com subsídios de R$ 700 milhões

Cerca de R$ 700 milhões foram os subsídios desssas operações

Cerca de R$ 700 milhões foram os subsídios desssas operações

Divulgação

O apresentador Luciano Huck, a cantora Claudia Leitte e a dupla sertaneja Victor & Leo estão na lista dos 134 proprietários de jatinhos financiados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) a juros subsidiados entre 2009 e 2014. A informação é do site O Antagonista.

O portal revelou ainda que o BNDES emprestou via bancos privados um total superior a R$ 1,9 bilhão para a compra de jatinhos da Embraer. Segundo a reportagem, a área técnica do banco calculou em R$ 700 milhões – em valores corrigidos – os subsídios para essas operações.

Na sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro fez uma referência ao apresentador Luciano Huck, após ser criticado por ele, prometendo divulgar dados do BNDES sobre compra de jatinhos. 

A compra de um jatinho pelo apresentador foi citada no ano passado, quando ele despontava como possível candidato à Presidência.

Segundo a reportagem do O Antagonista, o jatinho foi comprado em 2013, em nome da empresa Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos pelo valor de R$ 17,7 milhões, via Itaú/Unibanco. 

O Itaú/Unibanco também foi o agente do empréstimo de R$ 6,1 milhões para o jatinho da cantora baiana. O recurso foi liberado, em 2009, em nome da Bahia Golf Agência de Viagem, registrada em nome do seu pai, Claudio Oliveira Inácio.

O BNDES também liberou por meio do Banco do Brasil uma linha de R$ 6,4 milhões para a compra de um jato executivo da Embraer, no caso da dupla sertaneja. O dinheiro saiu também em 2009, em nome da empresa Vida Boa Shows e Eventos, em nome de Vitor e Leonardo Chaves.

Mais caros

Segundo O Antagonista, o governador de São Paulo, João Doria, e os irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS, estão entre os dez mais caros financiados pelo banco, de R$ 44 milhões e R$ 39,8 milhões, respectivamente.

O empresário Michael Klein (Casas Bahia) encabeça a lista, com um jato executivo da Embraer de R$ 77,8 milhões. O financiamento foi feito em 2013 por meio do banco ABC para a CB Air (hoje Icon Aviation).