Brasil Joice Hasselmann entra com ação no TSE para deixar PSL

Joice Hasselmann entra com ação no TSE para deixar PSL

Ex-líder do governo e atual opositora do presidente Jair Bolsonaro, ela alega sofrer perseguição política no partido

  • Brasil | Do R7, com Taciana Collet, da RecordTV

A deputada federal Joice Hasselmann que deixa o PSL

A deputada federal Joice Hasselmann que deixa o PSL

WALLACE MARTINS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO-13/04/2021

A deputada federal Joice Hasselmann ingressou na tarde desta segunda-feira (14) com ação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o PSL, pedindo desfiliação por justa causa. Ex-líder do governo e atual opositora do presidente Jair Bolsonaro, ela alega sofrer perseguição política interna, sobretudo pelo presidente da sigla, Luciano Bivar, com quem já teve inúmeros desentendimentos públicos.

Leia também: Com viabilidade técnica, é possível admitir voto impresso, diz Pacheco 

Deputada mais votada do país em 2018, Joice desembarcou do governo tecendo duras críticas e passou a ser uma das principais defensoras também da saída do partido. Sofreu, segundo consta na ação, “verdadeira censura em suas atividades”. Foi “excluída dos grupos decisórios e retirada sumariamente dos espaços de atuação política”, ocupados por ela antes da briga com Bolsonaro. Instalou-se um clima de “animosidade”.

A ação pede “reconhecimento de justa causa para desfiliação e consequente filiação a outro partido que reconheça o que lhe trouxe uma deputada federal de 1 milhão de votos, retribuindo-lhe a fidelidade partidária com que a filiada sempre tratou o partido, mas não recebeu de volta, especialmente após a eleição da Câmara” – episódio no qual Bivar foi eleito primeiro secretário da Câmara Federal. Ele teria prestigiado deputados da ala bolsonarista do PSL nos espaços da Casa.

Aliada do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a deputada não revela para qual sigla deve ir.

Últimas