Brasil Ministério da Saúde deve contratar médicos em novembro

Ministério da Saúde deve contratar médicos em novembro

Após saída de médicos cubanos, governo brasileiro pretende abrir 8.332 vagas para repor profissionais do programa Mais Médicos

  • Brasil | Karla Dunder, do R7

Médicos cubanos devem deixar o país

Médicos cubanos devem deixar o país

José Cruz/Agência Brasil

O Ministério da Saúde anunciou que nesta sexta-feira (16), realizará reunião com a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) para a definição da saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos e entrada dos profissionais brasileiros que serão selecionados por edital em primeira chamada ainda no mês de novembro e comparecimento aos municípios imediatamente após a seleção.

Nesta reunião será finalizada a proposta de edital para selecionar profissionais para as 8.332 vagas que serão deixadas pelos médicos cubanos. Na próxima semana devem ser anunciados os detalhes sobre o edital de seleção e chamada para inscrições.

O governo de Cuba anunciou nesta semana o rompimento unilateral da participação no programa Mais Médicos. O motivo para a decisão foram as declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) com críticas ao programa criado na gestão petista.

Após um café da manhã com o comandante da Marinha, Eduardo Bacellar, nesta sexta-feira, Bolsonaro questionou os direitos humanos dos médicos cubanos, que ficariam com 30% do salário. Também afirmou que quem pedir asilo poderá ficar no país.

Últimas