Brasil Presidente do TRF-2 se diz suspeito para julgar posse de ministra

Presidente do TRF-2 se diz suspeito para julgar posse de ministra

Cristiane Brasil assumiria pasta do Trabalho nesta terça-feira (9)

Presidente do TRF-2 se diz suspeito para julgar posse de ministra

Cristiane Brasil tomaria posse nesta terça (8)

Cristiane Brasil tomaria posse nesta terça (8)

Gilmar Felix/Câmara dos Deputados - 30.08.2017

O desembargador André Fontes, presidente do TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região), se declarou suspeito e para decidir a posse da nova ministra de Temer (PMDB), Cristiane Brasil (PTB-RJ).

Ao R7, a assessoria de imprensa do TRF-2 não informou o motivo do pedido de suspeição do desembargador. Ainda de acordo com a assessoria, o processo foi encaminhado para ser julgado pelo vice-presidente, o desembargador Guilherme Couto de Castro.

A suspeição é verificada a juízes que sejam "amigos íntimos" ou "inimigos" de quaisquer das partes ou de seus advogados, por exemplo. Um juiz também pode se declarar suspeito quando qualquer uma das partes envolvidas no processo for sua credora ou devedora.  

Nesta segunda-feira (8), o juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói (RJ), proibiu, em caráter liminar, a posse de Cristiane Brasil.

Ainda na noite de segunda, a AGU (Advocacia-Geral da União) protocolou um recurso no TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) contra a suspensão da posse da deputada federal.

A cerimônia de posse estava marcada para acontecer às 15h desta terça-feira (9), no Palácio do Planalto, em Brasília.