Brasil Queda na economia deve impactar arrecadação até abril, diz Guedes 

Queda na economia deve impactar arrecadação até abril, diz Guedes 

Receitas do governo federal manteve o ritmo de crescimento em março, mas sofrerá um grande impacto com o recrudescimento

Agência Estado
Segunda onda pandêmica do covid-19 gera impactos econômicos

Segunda onda pandêmica do covid-19 gera impactos econômicos

Mateus Bonomi/Estadão Conteúdo


O Ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou que os primeiros resultados de março da arrecadação federal mantiveram o ritmo de crescimento, mas admitiu que as receitas do governo federal devem sofrer um impacto com o recrudescimento a partir da segunda quinzena deste mês.

"Com essa nova pancada na economia brasileira, é evidente que devemos sofrer algum impacto na segunda quinzena de março e em abril", reconheceu Guedes.

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 127 747 bilhões em fevereiro, o melhor resultado para o mês na série histórica da Receita Federal.

Guedes repetiu que o Índice de Atividade do IBC-Br (Banco Central), de janeiro teve um desempenho superior ao esperado e citou a abertura de vagas formais de trabalho no começo deste ano.

"A economia brasileira estava em plena recuperação após o mergulho profundo sob o impacto da primeira onda da pandemia de covid-19. Estamos mantendo e até criando empregos após uma recessão", completou o ministro.

Últimas