Senado aprovado projeto que amplia tratamento de câncer

Proposta obriga plano de saúde a cobrir tratamento domiciliar de uso oral contra câncer; matéria agora será votada pela Câmara dos Deputados

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, em sessão remota

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, em sessão remota

Jefferson Rudy/Agência Senado

O Senado aprovou nesta quarta-feira (3) em sessão remota projeto que obriga planos de saúde a cobrir tratamento domiciliar de uso oral contra câncer. A matéria segue aogra para a Câmara dos Deputados.

O projeto de lei 6.330/2019, de autoria do senador Reguffe (Podemos-DF), com relatoria do senador Romário (Podemos-RJ), altera a lei dos planos de saúde para que a cobertura para tratamentos antineoplásicos domiciliares de uso oral seja obrigatória. Além disso, também estão incluídos no projeto os procedimentos radioterápicos para tratamento de câncer e hemoterapia registrados na Anvisa.