Brasil Temer demite secretária de Direitos Humanos do cargo

Temer demite secretária de Direitos Humanos do cargo

Flávia Piovesan criticou portaria do governo federal sobre trabalho escravo

Flávia Piovesan fez carreira na defesa dos direitos humanos

Flávia Piovesan fez carreira na defesa dos direitos humanos

Divulgação

O governo do presidente Michel Temer demitiu nesta quarta-feira (1º) Flávia Cristina Piovesan do comando da Secretaria Nacional de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos. A exoneração foi divulgada hoje no Diário Oficial da União.

Há duas semanas, Piovesan fez duras críticas ao governo federal, classificando como "retrocesso inaceitável" a publicação de uma portaria que dificulta as ações de fiscalização e combate ao trabalho escravo — os efeitos do texto foram suspensos pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal.

Mais exonerações

O Ministério da Integração Nacional exonerou Rodrigo Mendes de Mendes do cargo de diretor de Gestão de Fundos, Incentivos e de Atração de Investimentos da Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia).

Na pasta da Transparência e Controladoria-Geral da União, foi exonerado Fernando Mendes Monteiro do cargo de diretor de Auditoria de Governança e Gestão da Secretaria Federal de Controle Interno.

Últimas