Brasil Treze vítimas do ataque em Janaúba estão em estado gravíssimo

Treze vítimas do ataque em Janaúba estão em estado gravíssimo

Cidade parou em homenagem a vítimas de incêndio na creche

  • Brasil

Enterro das vítimas comoveu a cidade

Enterro das vítimas comoveu a cidade

Alex de Jesus/O Tempo/Estadão Conteúdo

Com as ruas tomadas por cortejos, Janaúba, no norte de Minas Gerais, se tornou uma cidade marcada pelo luto. Treze vítimas ainda estão em estado gravíssimo. Sete crianças, uma professora e o autor do ataque morreram.

Na tarde desta sexta-feira (6), enquanto a população velava e enterrava os mortos do incêndio causado pelo vigia Damião Soares dos Santos na creche Gente Inocente, o Corpo de Bombeiros confirmava mais duas vítimas.

Enfileirados, veículos acompanharam os carros da funerária que transportaram, ao longo do dia, os corpos carbonizados pelas ruas da cidade. Sob sol forte, moradores na calçada acenavam para o cortejo que seguia até o cemitério. Comerciantes, de luto fecharam as portas.

“Não tive coragem de abrir o estabelecimento”, contou Alexandre Azevedo, proprietário de uma loja de pneus. “Clientes chegavam com o rosto inchado de chorar, ninguém aguenta.”

Em todo o município, o clima é de pesar e comoção diante da maior tragédia da história da cidadezinha de 72 mil habitantes.

Ao longo do dia, a população se mobilizou para confortar parentes de vítimas e rezar pelos internados. Moradores do município e de cidades vizinhas se organizaram pelas redes sociais para recolher doações.

Por causa da tragédia, o Ministério Público de Minas abriu uma conta bancária para receber doações em dinheiro, que servirá de auxílio material às famílias das vítimas. Até o início da tarde desta sexta, o montante chegava a R$ 177 mil.

Últimas