Brasília Adolescente é baleada ao tentar defender o pai de assaltantes

Adolescente é baleada ao tentar defender o pai de assaltantes

A jovem, de 14 anos, viu os assaltantes imobilizando o pai e foi tentar ajudá-lo quando levou um tiro no tórax

  • Brasília | Ingred Suhet e Ricardo Faria, da Record TV e Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

Câmeras de segurança registraram o momento em que os suspeitos passavam pela rua

Câmeras de segurança registraram o momento em que os suspeitos passavam pela rua

Reprodução

Uma adolescente de 14 anos foi baleada ao defender o pai em tentativa de assalto no Riacho Fundo II. O caso aconteceu à luz do dia, na terça-feira (18), e as imagens foram divulgadas neste sábado (22). A jovem passou por cirurgia e segue internada no Hospital Regional de Ceilândia. A polícia investiga o caso, e os criminosos ainda estão foragidos.

O pai da jovem foi abordado por criminosos em frente a sua casa, e a menina viu pela janela quando os assaltantes o imobilizaram com um golpe do tipo mata-leão. Ela saiu para tentar ajudar o pai e acabou sendo baleada. Nas imagens do circuito interno de segurança, obtidas pela Record TV, é possível ver o momento em que os três suspeitos fogem após o crime.

O pai da menina mora com os dois filhos, a adolescente e uma criança de 11 anos, e a mãe, uma idosa. No dia do crime, ele estacionou o carro do lado de fora e saiu para guardar o veículo na garagem quando notou a presença de três homens em atitude suspeita e acabou sendo abordado pelos criminosos.

Momentos de tensão

O homem conta que durante a tentativa de assalto foi ameaçado pelos três assaltantes, que mantiveram uma arma apontada para sua cabeça o tempo todo. Ele disse que pedia a todo instante que os bandidos preservassem sua família.

A adolescente viu toda a situação pela janela e, mesmo assustada, decidiu defender o pai, que conta que nesse momento houve um empurra-empurra, quando um dos criminosos atirou contra o tórax da menor.

O trio saiu correndo e o pai da menina baleada ainda tentou segui-los, mas não conseguiu alcançá-los. Ao voltar para casa, a filha já havia sido levada ao hospital por um vizinho. A menina passou por cirurgia e não corre risco de vida. A Polícia Civil do DF investiga o caso. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

De acordo com a polícia, a delegacia que investiga o caso foi novamente informada pelo Cepol (Centro de Comunicação da Polícia Civil do DF) sobre a prática de um roubo a residência em que um veículo Fiat Siena havia sido tomado de assalto por três homens, estando um deles armado com revólver.

O proprietário do Siena relatou que um dos assaltantes disse que estava em fuga naquele momento. A polícia acredita que os indivíduos eram os mesmos autores da tentativa de latrocínio, dado o curto espaço de tempo entre as duas ocorrências e a proximidade dos locais. O carro roubado foi encontrado abandonado pela PMDF (Polícia Militar do Distrito Federal) em Samambaia.

Últimas