Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Allan dos Santos descumpre decisão de Alexandre de Moraes e abre 39ª conta em rede social

Criado nesta terça-feira (3), o perfil já possui oito publicações e mais de 45 mil seguidores

Brasília|Do R7


Essa é a 39ª conta do blogueiro na rede social
Essa é a 39ª conta do blogueiro na rede social Roque de Sá/Agência Senado - 05.11.2019

O blogueiro Allan dos Santos voltou a criar uma conta em uma rede social, o que contraria decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que baniu sua participação em 2021. De acordo com Santos, essa é sua 39ª conta, e na biografia ele escreve: "Não vão me calar!". Criado nesta terça-feira, 03, o perfil já possui oito publicações e mais de 45 mil seguidores.

Foragido da Justiça brasileira, Santos vive nos Estados Unidos desde 2020, onde burla sucessivamente a proibição do STF com criação de novos perfis nas redes sociais. Em dezembro de 2023, ele havia criado mais uma conta no Instagram, sendo o 38º perfil.

Em um vídeo fixado na rede social, o blogueiro informa que a antiga conta foi removida devido a uma live que ele vai fazer. "Tem gente que pensa que é marketing, tem gente que pensa que estou brincando, minha conta 38 caiu com mais de 235 mil seguidores. Sabe por quê? Porque vou fazer uma live no dia 9 para mostrar para vocês porque eles querem me calar", disse.

Em outras postagens, Santos pede que apoiadores comentem na publicação, além de mostrar uma declaração que recebeu do cantor Zezé Di Camargo em show realizado em Miami. "Allan, falar uma coisa aqui, você representa milhões de brasileiros, principalmente a mim", disse o cantor.

Publicidade

No dia 13 de março, o blogueiro criou uma conta na rede social OnlyFans, plataforma para produtores de conteúdo adulto exibido apenas para assinantes que pagam pelo material. O valor para acessar os conteúdos era de $ 4,75, cerca de R$ 23, 60 por mês. No final do mês, Santos informou que foi "banido do OnlyFans" sem explicação alguma.

Ao anunciar a criação da conta, Allan tinha desafiado o ministro Alexandre de Moraes, que determinou a suspensão das suas contas no X (antigo Twitter), Instagram e Facebook em 2020. "Vejamos se Alexandre de Moraes vai deixar a empresa OnlyFans no Brasil", escreveu no X.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.