Brasília Após onda de crimes, Ibaneis defende trabalho integrado das forças de segurança

Após onda de crimes, Ibaneis defende trabalho integrado das forças de segurança

Fala ocorre após casos como assalto a deputado, tentativa de latrocínio de jornalista e morte de jovem em saída de baile funk

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Governador Ibaneis Rocha

Governador Ibaneis Rocha

Renato Alves/Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha assegurou que os órgãos de segurança trabalham de maneira integrada para coibir a violência no Distrito Federal. Nos últimos dias, episódios de crimes violentos se acumularam na capital. Apesar dos avanços, ele reconheceu que a violência precisa ser combatida no DF. 

"A Secretaria de Segurança está trabalhando de maneira integrada com todos os órgãos de segurança, e a gente espera que esses episódios diminuam cada vez mais na nossa cidade", ponderou Ibaneis. "Nossos números da segurança são os melhores de todos os tempos, só que ainda temos violência e precisamos avançar cada vez mais", acrescentou.

O governador se referia ao assalto ao deputado federal Professor Israel (PSB-DF), na Asa Sul, na noite desta terça-feira (19). Os criminosos abordaram o parlamentar com uma faca e levaram o carro e o celular do político. Horas depois do assalto, o veículo foi localizado no Setor Hoteleiro Sul. Apesar do susto, o deputado não se feriu.

Na última da última sexta-feira (16), o jornalista Gabriel Luiz, 29 anos, foi esfaqueado por dois jovens durante uma tentativa de latrocínio. Ele foi atingido por dez golpes, no pescoço, abdômen e braço, e precisou passar por cirurgias para conter a hemorragia. Ele deixou a UTI e foi transferido para o quarto nesta terça. 

No sábado (17), o estudante Lucas Guilherme, de 15 anos, morreu também vítima de facadas, na saída de um baile funk em Ceilândia, em meio a uma briga generalizada. O caso é investigado como homicídio pela Polícia Civil.

Cidade Sempre Limpa

Pela manhã, Ibaneis Rocha participou do lançamento do programa "Cidade Sempre Limpa". A iniciativa reúne órgãos como a DF Legal, Caesb, Novacap, Terracap e Detran para promover melhorias nas regiões administrativas.

O cronograma foi estruturado em três meses de trabalho e envolve serviços como tapa-buracos, pintura de meio-fio e desobstrução de bueiros. As demandas foram reunidas a partir de registros na ouvidoria, reclamações de administradores regionais e vistorias periódicas.

Últimas