Eleições 2022

Brasília Após reunião com PSB, Alckmin diz que ainda conversa com partidos

Após reunião com PSB, Alckmin diz que ainda conversa com partidos

O presidente do partido, Carlos Siqueira, chegou a confirmar filiação de Alckmin, mas o ex-governador não cravou a aliança

  • Brasília | Alan Rios, do R7, em Brasília

Ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin

Ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin

Thiago Ribeiro/Agif/Folhapress - 4.10.2018

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin confirmou a reunião com o PSB nesta segunda-feira (7), mas não cravou a filiação ao partido. Alckmin disse que segue “conversando com outros partidos que buscam uma unidade”. Mais cedo, porém, o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, tinha dito que o encontro foi “muito bom” e selou a filiação.

Também estiveram na reunião o ex-governador de São Paulo Márcio França, o prefeito do Recife, João Campos, e o vice-presidente do PSB em São Paulo, Jonas Donizette. Para Geraldo Alckmin, a conversa “foi muito produtiva e provou haver convergência política e vontade de união em benefício do país”.

“Sigo conversando com outros partidos que buscam uma unidade de ação em defesa da democracia e de melhores condições de vida para o nosso povo. Até a próxima semana definirei a minha filiação partidária. Abraço a todos”, publicou Alckmin, no Twitter.

A filiação de Alckmin vem sendo observada com atenção no meio político devido à possibilidade de o ex-governador disputar o Palácio do Planalto nas eleições neste ano, como vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No ano passado, em dezembro, ambos jantaram juntos para discutir a possibilidade.

Últimas