Brasília Bento Albuquerque é exonerado do Ministério de Minas e Energia

Bento Albuquerque é exonerado do Ministério de Minas e Energia

Com a exoneração, publicada a pedido, assume o cargo Adolfo Sachsida, que integrava a equipe de Paulo Guedes 

  • Brasília | Victória Olímpio, do R7, em Brasília

Bento Albuquerque

Bento Albuquerque

Alan Santos/PR - 25.02.2021

Nesta quarta-feira (11), Bento Albuquerque foi exonerado do cargo de ministro de Minas e Energia. A saída dele do cargo foi publicada no Diário Oficial da União e é assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. Quem assume a pasta é Adolfo Sachsida, que, até então, integrava a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Sachsida ocupava o cargo de chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do Ministério da Economia. Nas redes sociais, ele agradeceu Bolsonaro pela nomeação.

"Agradeço ao Presidente Jair Bolsonaro pela confiança, ao ministro Guedes pela apoio e ao ministro Bento pelo trabalho em prol do país. Com muito trabalho e dedicação espero estar a altura desse que é o maior desafio profissional de minha carreira. Com a graça de Deus vamos ajudar o Brasil."

Há dias, Albuquerque estava sendo pressionado após o chefe do Executivo reclamar publicamente sobre política de preços da Petrobras, que está ligada à pasta. Bolsonaro chegou a afirmar que o lucro obtido pela empresa no primeiro trimestre de 2022 foi "um estupro" e "um absurdo."

Últimas