Brasília Bolsonaro participa de cerimônia em honra a soldados soviéticos

Bolsonaro participa de cerimônia em honra a soldados soviéticos

Durante a homenagem, Bolsonaro entregou uma coroa de flores com as cores da bandeira do Brasil

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Cerimônia de oferenda de flores é tradição entre chefes de Estado que visitam o país

Cerimônia de oferenda de flores é tradição entre chefes de Estado que visitam o país

Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro iniciou a visita à Rússia com participação na cerimônia em homenagem a soldados do então Exército da União Soviética mortos durante confronto com os nazistas na Segunda Guerra Mundial. A celebração aconteceu na manhã desta quarta-feira (16), madrugada no Brasil. A visita é uma tradição entre os chefes de Estado que vão ao país.

Durante a homenagem, Bolsonaro entregou uma coroa de flores com folhas verdes, azuis e amarelas, cores da bandeira do Brasil. O local é símbolo da vitória da União Soviética na guerra. O império, que tinha a Rússia como principal país, durou entre 1922 e 1991 e representou o bloco comunista do mundo, regime que é criticado por Bolsonaro.

A solenidade teve honrarias militares e execução do Hino Nacional Brasileiro pela banda do Exército russo. Estavam presentes os ministros Carlos França (Relações Exteriores), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Braga Netto (Defesa), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

Leia também: Governo não teme que ida à Rússia atrapalhe parceria com a Otan

Bolsonaro tem um encontro marcado com Putin para as 7h (de Brasília). O presidente também almoçará com o governante russo no Kremlin, sede do governo russo.

Últimas