Brasília Bombeiros encontram braço de vítima de acidente no lago Paranoá

Bombeiros encontram braço de vítima de acidente no lago Paranoá

Mulher de 36 anos morreu neste domingo (30), após ser atingida por hélice de lancha; ela era da Bahia e passeava na capital

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Deysivânia Costa do Rego de Paula, vítima de acidente com lancha no lago Paranoá

Deysivânia Costa do Rego de Paula, vítima de acidente com lancha no lago Paranoá

Redes sociais/Reprodução

Três dias depois do acidente que tirou a vida de Deysivânia da Costa do Rego de Paula, 36 anos, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) localizou, na manhã desta terça-feira (1º), o braço da vítima no lago Paranoá. A mulher morreu depois de ser atingida pela hélice de uma lancha no último sábado (29).

De acordo com os militares, o membro estava boiando perto do local do incidente. Agora, vai passar por perícia da Polícia Civil do DF. O corpo de Deysivânia foi enterrado na Bahia nesta terça. 

Deysivânia, o marido e os dois filhos eram de Barreiras, na Bahia, e passavam férias na capital federal. Na tarde de sábado, a família aproveitava um passeio de lancha perto do Pontão do Lago Sul, quando o filho mais velho de Deysi caiu da embarcação durante uma manobra para ancorar a lancha.

Ela entrou no espelho d´água e conseguiu salvar a criança. No entanto, foi atingida pela hélice da lancha. A mulher foi retirada da água inconsciente, com o braço direito amputado e graves lesões no abdômen.

A vítima chegou a ser intubada e levada ao Hospital de Base, mas já chegou em estado crítico. O braço seguia desaparecido até esta manhã.

Últimas