Brasília Briga de trânsito termina com motorista de ônibus ferido no DF

Briga de trânsito termina com motorista de ônibus ferido no DF

Confusão aconteceu na quadra 509 Sul, na manhã desta terça-feira; agressor fugiu do local logo após a confusão

  • Brasília | Karla Beatryz*, do R7, em Brasília

Motorista de ônibus é agredido e tem corte no nariz; vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros

Motorista de ônibus é agredido e tem corte no nariz; vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros

Arquivo Pessoal/Reprodução

Uma briga de trânsito entre dois motoristas de ônibus deixou um deles ferido na manhã desta terça-feira (8), na Asa Sul, em Brasília. Segundo relato de testemunhas, a confusão começou após um deles alegar que teria sido "fechado" pelo outro na altura da quadra 509 Sul.

Motorista de ônibus tem corte no nariz após ser agredido

Motorista de ônibus tem corte no nariz após ser agredido

Arquivo Pessoal/Reprodução

O homem que foi agredido teve um corte acima do nariz e precisou ser transportado ao Hospital de Base. Segundo a Polícia Militar, não foi necessário prestar nenhum atendimento no local, já que o agressor fugiu logo após a briga e não foi encontrado pelos policiais. 

Leia também: Polícia prende 5 suspeitos de tentar explodir caixas eletrônicos no DF

Ao R7, a Polícia Civil informou que não há registro policial sobre o caso e, provavelmente, o motorista agredido não prestou ocorrência após o atendimento.

Em nota a companhia de transporte público São José, informou que repudia os atos de violência contra um motorista durante o horário de trabalho, em especial o caso que ocorreu na manhã desta terça-feira. “Os rodoviários passam muitas horas no trânsito e enfrentam momentos de tensão todos os dias. Para ajudar a lidar com essas questões, recentemente todos os rodoviários passaram por um treinamento que tratou de relações interpessoais e a importância de ter empatia no trânsito”, pontuou.

Segundo a empresa, o funcionário está sendo acompanhado pela equipe de enfermagem da empresa, e recebe a assistência necessária.

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro

Últimas