Brasília Câmara ouve presidente do FNDE sobre suspeitas de irregularidades

Câmara ouve presidente do FNDE sobre suspeitas de irregularidades

Deputados querem explicações sobre indícios de tráfico de influência e superfaturamento na compra de ônibus escolares

  • Brasília | Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

Presidente do FNDE, Marcelo Lopes da Ponte

Presidente do FNDE, Marcelo Lopes da Ponte

Pedro França/Agência Senado

A Comissão de Educação da Câmara realiza nesta quarta-feira (25) audiência pública com o presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), Marcelo Lopes. Ele vai falar sobre as denúncias de irregularidades na autarquia, vinculada ao Ministério da Educação.

O colegiado quer explicações sobre indícios de um esquema de tráfico de influência e superfaturamento em uma licitação feita pelo FNDE para a compra de ônibus escolares.

Lopes terá de prestar informações sobre um suposto esquema de tráfico de influência no MEC liderado pelo ex-ministro Milton Ribeiro, no qual os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, que não têm cargo público, teriam pedido propina a prefeitos para liberar recursos do ministério e do FNDE aos municípios.

De acordo com um requerimento da Comissão de Educação e Cultura do Senado, no ano passado o fundo cometeu equívocos da ordem de R$ 766 milhões em transferências do principal mecanismo de financiamento da educação básica, o Fundeb.

Após os desdobramentos da apuração dos fatos, vieram à tona novos nomes de supostos integrantes do chamado “Ministério da Educação paralelo”.

Últimas