Brasília Carros de luxo, joias e dinheiro são apreendidos em operação contra megatraficante ligado ao PCC

Carros de luxo, joias e dinheiro são apreendidos em operação contra megatraficante ligado ao PCC

Policiais apreenderam 20 carros de luxo avaliados em R$ 10 milhões; operação ocorreu em sete estados e no Distrito Federal

  • Brasília | Karla Beatryz* e Clarissa Lemgruber, do R7, em Brasília

Polícia Civil do DF faz operação contra traficante que tem ligação com facções

Polícia Civil do DF faz operação contra traficante que tem ligação com facções

Divulgação/ Polícia Civil

A Polícia Civil do Distrito Federal apreendeu nesta quinta-feira (4) 20 carros de luxo avaliados em R$ 10 milhões, joias e dinheiro em espécie, durante uma operação contra um grupo suspeito de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em diversos estados. A operação ocorre em Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Ceará, Minas Gerais e no Distrito Federal.

Os bens foram apreendidos em cinco imóveis de luxo. Entre os itens recolhidos estão veículos das marcas BMW, Jaguar, Land Rover, diversos cordões de ouro, anéis e relógios de ouro, dinheiro em espécie, armas e uma moto importada (veja a galeria abaixo). 

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

Segundo informações obtidas pela Record TV, a maior parte da operação ocorreu no Ceará, onde o alvo seria um traficante da facção criminosa Comboio do Cão, que tem ligações com o PCC (Primeiro Comando da Capital), de São Paulo. O suspeito é natural de Brasília, mas teria patrimônio milionário no Ceará.

As investigações apontaram o recebimento de altos valores de contas-correntes de "laranjas" identificadas como “contas-caixa” da facção paulista para a realização da venda de cocaína na capital federal.

Cordões, colares e anéis de ouro foram recolhidos durante operação policial

Cordões, colares e anéis de ouro foram recolhidos durante operação policial

Divulgação/ Polícia Civil

De acordo com a Polícia Civil, o grupo estaria envolvido no transporte de "vultosas quantias" de cocaína da região de fronteira até o DF. A organização teria recebido dinheiro de traficantes do DF, do Entorno e de outros estados.

A operação ocorre com a participação conjunta das Polícias Civis do DF, Ceará, Goiás, Tocantins, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Receita Federal e uma força-tarefa da Polícia Federal.

Leia também: Polícia Civil faz operação com alvo em traficante que tem ligações com PCC e 'Comboio do Cão'

O alvo

O principal investigado já havia sido preso pela Polícia Civil em Brasília quando ainda atuava como "batedor" de carregamentos de drogas. Em 2013, foi preso com mais de mil comprimidos de ecstasy e condenado, com outros quatro traficantes, por tráfico e associação para o tráfico.

Últimas