Brasília Desoneração do PIS/Cofins de gasolina vai sair do Congresso, diz ministra Flávia Arruda

Desoneração do PIS/Cofins de gasolina vai sair do Congresso, diz ministra Flávia Arruda

Em evento de filiações do PL, ministra da Secretaria de Governo disse que projeto defendido por Bolsonaro não virá do governo

  • Brasília | Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF)

A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF)

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados-25/03/2021

A ministra Flávia Arruda, da Secretaria de Governo, disse nesta terça-feira (15) que a desoneração do PIS/Cofins da gasolina vai sair do Congresso e não do governo federal. "Eu acho que o texto vai sair do Congresso [Nacional] e o caminho [para a desoneração] depende muito da articulação no Congresso.  Acho que pode ser uma das alternativas", afirmou a ministra. 

A afirmação veio durante o evento de filiações do PL no fim da tarde com a presença do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB) e da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Também estavam no evento o ex-presidente da República, Michel Temer, o vice-governador do DF, Paco Britto, o presidente da CLDF (Câmara Legislativa do Distrito Federal), Rafael Prudente (MDB) e o presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

Segundo Flávia Arruda, o Ministério da Economia não apoia o projeto. "Ele [o projeto] foi para a Câmara [dos Deputados] mas agora terá que ser revisto, porque foi colocada muita coisa no texto, mas a Economia não apoia esse projeto", afirmou. 

Perguntada se acha que o presidente da Petrobras pode ser substituído, Flávia afirmou: "Como diz o presidente, os únicos que não podem ser trocados são ele e o vice. Nós todos podemos", disse a ministra.

Últimas